Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Operação da PF mira pagamento de propinas a presidente do PP

Postado em: 22/02/2019

Compartilhe esta notícia:

FOLHAPRESS

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta (22) a Operação Compensação, que mira suposto pagamento de propinas pela JBS ao senador Ciro Nogueira (PI), presidente nacional do PP, e ao próprio partido.

Estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão nas casas de duas pessoas e em duas empresas ligadas ao congressista.

A ação foi autorizada pela ministra do STF (Supremo Tribunal Federal) Rosa Weber em inquérito que apura se o grupo dos irmãos Joesley e Wesley Batista repassou R$ 42 milhões para que o PP apoiasse o PT nas eleições presidenciais de 2014 e também para que não desembarcasse do governo em 2016, durante o processo de impeachment.

Os pagamentos teriam sido feitos por meio de doações oficiais e por meio de um supermercado no Piauí. Há também relatos de entrega em espécie ao congressista.
Outro investigado é o ex-ministro petista Edinho Silva (Secretaria de Comunicação Social da Presidência), atual prefeito de Araraquara (SP), que teria aprovado os pagamentos.

O caso foi relatado pelos delatores da JBS em depoimentos à PGR (Procuradoria-Geral da República).

Ao todos, estão sendo cumpridos sete mandados de busca e apreensão em Teresina (PI), Brasília (DF) e São Paulo/SP, além de intimações para fins de depoimentos dos envolvidos.

A Folha não localizou representantes de Ciro Nogueira e Edinho Silva nesta sexta. Eles vêm negando as ilicitudes e sustentam que os delatores não apresentaram provas do que dizem.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Procon multa Serasa em R$ 125 mil por queixa de uma única pessoa

Debate – Coronavírus: Jaqueline e prefeitos debatem os desafios das cidades no combate à pandemia

Sorocabano que transferir veículo ao município pode ter desconto no IPTU

Bolsonaro aciona Moro para que Polícia Federal investigue citação de seu nome no caso Marielle

Homem que espancou empresária não tem problemas psiquiátricos, concluem exames

Ônibus em Sorocaba podem paralisar novamente a qualquer momento, alerta sindicato