Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Ônibus podem parar a partir de domingo; sindicato notificará Urbes nesta quinta

Postado em: 30/05/2019

Compartilhe esta notícia:

A greve de ônibus em Sorocaba, se iniciada, pode ocorrer já entre domingo e segunda-feira (dias 2 e 3). Com a aprovação do estado de greve pelos trabalhadores do transporte urbano durante assembleias realizadas nesta quarta-feira (29), o Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região irá protocolar, nesta quinta-feira (30), nas empresas e na Urbes – Trânsito e Transportes, a notificação da paralisação.

Uma possível paralisação só irá ocorrer após o prazo de 72 horas corridas da notificação de greve, conforme determina a lei de greve em serviços essenciais. Com a notificação ocorrendo nesta quinta-feira, a paralisação já pode acontecer a partir de domingo, porém sem horário ainda definido.

O Sindicato dos Rodoviários afirma que está aberto ao diálogo com as empresas.

Os motoristas, agentes de bordo e trabalhadores em funções internas de apoio nas empresas do transporte urbano de Sorocaba entraram em estado de greve após rejeitar a proposta patronal de reajuste de 5,07% apenas nos salários e congelamento nos valores do tíquete-refeição e da participação nos lucros e resultados (PLR).

A decisão foi tomada em assembleias que aconteceram às 10h e às 18h, na sede do Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região, sendo que a assembleia da manhã aconteceu na rua em frente à entidade sindical devido ao grande número de participantes.

A categoria está em campanha salarial, a data-base é 1º de maio e a pauta de reivindicações foi entregue no início de março às empresas STU e Consórcio Sorocaba, operadoras do transporte urbano em Sorocaba.

Procurada pelo Ipa Online, a Urbes respondeu que: “está na expectativa de um acordo entre empresas e sindicato na negociação do dissídio coletivo 2019, sem que haja qualquer prejuízo na prestação do serviço do transporte coletivo. A Urbes observa as negociações sem fazer interferências”.

Reivindicações

Os trabalhadores em transportes reivindicam na campanha salarial deste ano a reposição da inflação do período de 1º de maio de 2018 a 30 de abril de 2019 mais aumento real de 3% nos salários, manutenção de todos os direitos conquistados em campanhas salariais passadas e reajuste nas cláusulas econômicas como tíquete-refeição e participação nos lucros e resultados (PLR).

No sistema de transporte urbano de Sorocaba trabalham quase dois mil trabalhadores e trabalhadoras, entre motoristas, agentes de bordo e profissionais em funções internas de apoio, como mecânico, borracheiro, funileiro e outros.

A sede do Sindicato dos Rodoviários em Sorocaba fica na rua Capitão Augusto Franco, 159, próximo ao terminal de ônibus São Paulo.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Estimulação sensorial é tema de palestra gratuita no novo Hospital Regional de Sorocaba Dr. “Adib Domingos Jatene”

Mostra informa sobre Lei Maria da Penha e a rede de proteção à mulher em Sorocaba

TSE: apuração paralela dos votos é legal, mas deve ser vista com cautela

Sorocaba mantém estado de alerta para infestação do mosquito Aedes aegypti

Idade para aposentadoria pode subir de acordo com expectativa de vida

‘Irmãos do tráfico’ são presos em flagrante pela Romu no Lopes de Oliveira