Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Ninguém pode obrigar ninguém a tomar vacina, diz Bolsonaro

Folhapress
Postado em: 01/09/2020

Compartilhe esta notícia:

Daniel Carvalho e Gustavo Uribe, da Folhapress

No momento em que diversos países tentam encontrar uma forma de imunizar a população contra o novo coronavírus, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o governo brasileiro passaram a defender que ninguém poderá ser obrigado a tomar vacina.

Na noite de segunda-feira (31), Bolsonaro foi abordado por uma apoiadora no Palácio da Alvorada. "Ô, Bolsonaro, não deixa fazer esse negócio de vacina, não, viu? Isso é perigoso", disse ela. "Ninguém pode obrigar ninguém a tomar vacina", respondeu o presidente, como mostra vídeo compartilhado por apoiadores.

Nesta terça-feira (1º), a Secretaria de Comunicação do governo federal institucionalizou a declaração com uma publicação no Twitter.

Em uma imagem com Bolsonaro acenando para apoiadores do alto da rampa do Palácio do Planalto, a fala do presidente é reproduzida e há ainda a mensagem "o governo do Brasil preza pelas liberdades dos brasileiros".

"O governo do Brasil investiu bilhões de reais para salvar vidas e preservar empregos. Estabeleceu parceria e investirá na produção de vacina. Recursos para estados e municípios, saúde, economia, TUDO será feito, mas impor obrigações definitivamente não está nos planos", diz o tuíte.

O parágrafo primeiro do artigo 14 do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), no entanto, diz que "é obrigatória a vacinação das crianças nos casos recomendados pelas autoridades sanitárias".

O Brasil já autorizou o teste de três vacinas contra a Covid-19: uma produzida pela AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford, uma da chinesa Sinovac e outra desenvolvida pela Pfizer e pela BioNTech.

O estado do Paraná deve encaminhar em breve solicitação para testar também uma vacina produzida pela Rússia.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Polícia Federal faz operação na residência oficial do governador do Rio

Polícia Civil indicia Najila Trindade por extorsão contra jogador Neymar

STJ absolve condenado apenas com base em reconhecimento fotográfico

Munícipe filma amarelinhos estacionados em cima de faixa e questiona atitude

Polícia apreende carro ‘recheado’ com 19 mil maços de cigarros contrabandeados

Prazo para aderir ao Saúde na Escola é prorrogado até 28 de fevereiro