Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Natal Iluminado inicia dia 25 de novembro com imagem de 10 metros de Cristo

Postado em: 09/11/2018

Compartilhe esta notícia:

O espetáculo de luzes do ‘Natal Iluminado’, feito pelo CEU SAGRADO, começará dia 25 de novembro e seguirá até 5 de janeiro. Esse ano serão 4,5 milhões de lâmpadas e o tema levará os visitantes ao reino encantado do “O Quebra-Nozes”, um conto de Natal do século XIX, da Europa oriental recheado de aventura e fantasia.

Os visitantes encontrarão no local o presépio, que retrata a simplicidade do nascimento do menino Jesus. Uma das novidades para esse ano é a construção de uma imagem de Cristo com 10 metros de altura, que ficará no lago e terá, ainda, corações iluminados. O ato foi um pedido do líder espiritual do CEU SAGRADO, Luciano Dini.

Outro ponto bastante visitado no local é a casa do papai Noel, que terá o soldado “Quebra-Nozes” fazendo a guarda do recinto. A Bailarina, peça fundamental da história, também estará presente na decoração natalina. Fadas e duendes seguem encantando as noites do reino da fantasia.

width=800
Foto: reprodução/Facebook

Espetáculo ‘ O Quebra-Nozes’

É um espetáculo de ballet, criado pelo compositor Piotr Ilitch Tchaikovsky, no século XIX, na Rússia. A história se passa durante a festividade natalina na casa de clara, uma menina cheia de sonhos. Clara, ganha de presente do padrinho um quebra-nozes, que deixa a garota encantada. O boneco traja uniforme de soldado e chama a atenção de Fritz, seu irmão. O menino tira o brinquedo da irmã e o quebra, deixando Clara desolada. Ao dormir, Clara acorda num mundo encantado e percebe que seu Quebra-Nozes agora adquiriu vida própria e a protege de ataques de ratos gigantes. A história tem muita aventura, magia e esperança.

width=800
Foto: reprodução/Facebook

Visitação no Natal Iluminado

O idealizador dessas noites de luz, amor e magia em Sorocaba é o líder espiritual do CEU SAGRADO, Luciano Dini.

“Nesses 14 anos de Natal Iluminado, presenciei a alegria das famílias, o amor e a fé em Jesus Cristo. Um trabalho árduo que começa meses antes, onde muitos ajudam de forma voluntária porque o objetivo é um só, levar esperança de dias melhores. É mostrar que o Natal é a luz de jesus Cristo viva e pulsante dentro dos nossos corações. São dias de muita felicidade para todos nós! É isso que Deus quer para seus filhos, que sejamos felizes”, afirma Dini.

A entrada para o Natal Iluminado é 1 kg de alimento não perecível por pessoa ou 1 litro de leite, exceto sal e açúcar. Crianças até 12 anos não precisam doar. Ano passado foram arrecadadas 58 toneladas de alimentos que foram entregues para 46 entidades assistências de Sorocaba e região, entre elas, Gpaci, Casa do Menor, APAE, Vila dos velhinhos, Lar Escola Monteiro Lobato e outras.

Segundo Dini, São quase 10 mil pessoas por noite visitando o local. Se cada um trouxer 1 quilo de alimento, será possível abastecer por meses as entidades. O Natal Iluminado recebe visitantes de diversas partes do Brasil e do mundo e muitas excursões vem visitar o evento como roteiro turístico.

O evento

O Natal Iluminado começa dia 25 de novembro, das 19 às 22 horas e prossegue até 5 de janeiro de 2019. Não abrirá nos dias 24/12 e 31/12 e em dias de chuva. É importante lembrar que o CEU SAGRADO tem acessibilidade para cadeirantes e funciona de acordo com as normas de segurança. No local serão vendidos salgados, doces e refrigerantes. Toda renda será revertida para a manutenção do evento que não possui nenhum patrocínio.

O CEU SAGRADO fica na rua Paulo Varchavtchik, 1805 – Alto da Boa Vista, Sorocaba – SP.

Outras informações pelo site nataliluminado.ceusagrado.com.br e pela página www.facebook.com/ceusagrado

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Petrobras desiste de recorrer em ação e terá que rebatizar campo de Lula

Moradores libertam cães que estavam amarrados e presos em sacolas plásticas

Prefeitura multa 384 proprietários por manter terrenos baldios sujos

CRAS João Romão faz concurso virtual de desenho sobre pós-pandemia

Maduro anuncia fechamento da fronteira com o Brasil a partir das 20h

OMS afirma que testes populacionais amplos de covid-19 nem sempre são úteis