Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

‘Música no Brasil virou pornográfica ou de corno’, diz cantora Deborah Blando

Postado em: 20/05/2019

Compartilhe esta notícia:

FOLHAPRESS

A cantora Deborah Blando, 50, anunciou que está deixando o Brasil. Segundo um desabafo publicado em sua conta no Instagram, a artista não se sente confortável com o atual mercado musical brasileiro.

“Infelizmente aqui quem não é artista é famoso. E quem não canta faz sucesso. Quem mostra o corpo de forma grotesca e vulgar faz mais sucesso ainda. Música no Brasil virou ou música pornográfica ou música de corno, com letras machistas e grotescas. Sem poesia. Sem arte. O que matou a arte no Brasil, eu me pergunto?”, escreveu a atriz na publicação.

Blando diz que se sente muito feliz de estar deixando os palcos com sua turnê “One Truth Tour”, e que nunca se “prostituiu” para alcançar sucesso.

“Infelizmente tem publico para isso. O espaço para música de qualidade e de nível se tornou escasso a tal ponto que trabalhar no Brasil se tornou inviável para quem tem realmente talento. Obviamente ainda existem ‘artistas’ que sobreviveram e ainda estão no mercado. Mas não chega a dar uma mão cheia se for contar”, lamentou.

No desabafo, Blando também diz que quer viver o resto de sua vida “em paz”, explorando outros tipos de arte e música em outro país na Europa.

“Eu dei tudo de mim pra música e para meus fãs. Agora preciso seguir em frente buscando outros horizontes e crescer como ser humano que sou.” Apesar de se despedir, ela diz que ainda pode voltar para fazer algum show especial em terras brasileiras.

“Compositora e cantora que deixa agora um legado para a posteridade. Tenho orgulho de ter trabalhado com os melhores do mundo musical tanto no mundo todo -em especial os EUA- como aqui no Brasil e o resto do mundo.”

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Jovem invade escola no RS e ataca estudantes com machado

Mato Grosso decreta estado de emergência após alta de queimadas

Brasil tem mais de 1,9 mil casos de sarampo confirmados

Parte do talude de mina da Vale se desprende em Barão de Cocais

Ministério da Economia estuda medidas para aumentar rentabilidade do FGTS

Metalúrgico de 35 anos é morto a tiros durante tentativa de assalto na Zona Oeste