Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Discussão em condomínio vira caso de polícia: socos, pauladas e facada deixam moradores feridos

Postado em: 23/01/2020

Compartilhe esta notícia:

Por Cristiane Carvalho

 

Uma briga entre moradores deixou a subsíndica de um condomímio de Sorocaba gravemente ferida. Gabrieli da Silva Paula, de 29 anos, foi esfaqueada em algumas partes do corpo.

 

A confusão, segundo boletim de ocorrência, teve início devido a valores da cobrança do condomínio. O confronto teve socos, tapas e pauladas.

 

O desentendimento ocorreu no Residencial Altos do Ipanema, localizado na Zona Norte de Sorocaba, e foi registrado por câmeras de segurança. Pelas imagens, é possível ver o momento em que uma das envolvidas, que é síndica do condomínio, discute com pessoas no estacionamento. Ela permanece encostada num veículo ao lado do marido quando um grupo de moradores aparece e a confusão acontece.

 

Em depoimento à polícia, a síndica contou que "agrediu" a subsíndica "em legítima defesa". Conforme consta no boletim de ocorrência, durante a discussão, a subsíndica e outra moradora "teriam começado a agredi-la com socos e chutes". Para se defender, prossegue a síndica, ela "teria se armado de uma faca, que estava dentro do veículo do marido". Gabrieli acabou levando diversas facadas.

 

A jovem foi encaminhada por moradores ao Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS) e passou por uma cirurgia.  Os médicos não descartam um novo procedimento. Ela teve ferimentos na mão esquerda e talvez tenha que amputar um dos dedos.

 

Indignados, os familiares de Gabrieli procuraram a imprensa, relatando que ela trabalha como subsíndica no residencial há um ano.

 

Ainda de acordo com os familiares, os desentendimentos tiveram início quando Gabrieli alegou haver "erros" nas contas do condomínio. “Moradores perceberam um rombo e insistiram nas prestações de contas, mas isso nunca ocorreu”, conta um morador, que prefere não ser identificado.

 

A ocorrência foi registrada na Delegacia do Plantão Norte como "lesão corporal" e será investigada pela Polícia Civil. A faca utilizada nas agressões foi apreendida.

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Supremo segue tradição e elege Luiz Fux para presidir a corte a partir de setembro

Hora de dar adeus: Oito séries que vão terminar em 2019 e duas que já acabaram

Prefeitura começa a entregar cartão merenda um mês após criação e sem crédito

Saae instala macromedidor e interrompe o abastecimento em sete bairros nesta quinta-feira

Secretário tenta convencer vereadores de gestão compartilhada na rede

Brasil registra 674 novas mortes e já é o terceiro país do mundo em casos de coronavírus