Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Movimento diz que Procon recusa reclamações de contas altas do Saae

Postado em: 28/03/2019

Compartilhe esta notícia:

Atualizado às 9h27

O movimento denominado “Chega de roubo SAAE Sorocaba” denunciou nos microfones da Rádio Ipanema, durante o Jornal da Ipanema, edição desta quinta-feira (28), que o Procon tem se recusado a registrar reclamações de moradores sobre altas contas de água do Saae.

Ao Ipa Online, o Saae respondeu que “o atendimento do Saae-Sorocaba tanto pelo telefone como presencial fornece o número de protocolo aos atendidos. O Saae orienta a todos que tiverem dúvidas, que procure o Saae na Central Santa Rosália ou as 7 Casas do Cidadão”.

Já o Procon de Sorocaba ressaltou “que atende todas as reclamações, denúncias e instaura processos administrativos para a averiguação de todos os tipos de demandas relativas à relação de consumo, inclusive do Saae-Sorocaba”. Confira as respostas na íntegra abaixo  

Uma das organizadoras da manifestação, Julianna Machado, detalhou o fato durante entrevista ao vivo. Além do alegado, ela acusa o próprio Saae de não fornecer protocolos de atendimento quando a autarquia registra reclamação de munícipes. “Nós tentamos levantar o número de reclamação e eles não fornecem”, conta.

Já sobre o Procon, ela afirma que praticamente “todos os integrantes do movimento foram ao local para denunciar contas alta e o órgão se recusa a registrar a queixa”. Segundo ela, o órgão orienta o munícipe a procurar as Casas do Cidadão e a própria autarquia.

Julianna disse que chegou a questionar para o próprio Saae quantos moradores de Sorocaba reclamam de aumento na conta d’água, mas ao mesmo tempo considerou estranha a resposta da autarquia. “Eles disseram que é o mínimo de pessoas. Mas como eles podem alegar, se não têm controle de protocolo?”, questionou.

De acordo com a organizadora, apenas o Facebook criado para unir as pessoas que passam pelo mesmo problema possui alcance e envolvimento de 80 mil pessoas/mês.

Julianna é moradora da Zona Oeste e disse que sua conta aumentou até 4 vezes mais o valor nos últimos meses. No movimento, há moradores que reclamam serem pegos de surpresa com contas nos valores que variam de R$ 100 a até R$ 16 mil.

“O Ronald [Pereira, diretor do Saae] nos prometeu atendimento diferenciado ao movimento, não cortar água dessas pessoas, visita técnica”, afirma Julianna.

Procon e Saae respondem

Ao Ipa Online, o Saae respondeu que “o atendimento do Saae-Sorocaba tanto pelo telefone como presencial fornece o número de protocolo aos atendidos. O Saae orienta a todos que tiverem dúvidas, que procure o Saae na Central Santa Rosália ou as 7 Casas do Cidadão”.

Já o Procon de Sorocaba ressaltou “que atende todas as reclamações, denúncias e instaura processos administrativos para a averiguação de todos os tipos de demandas relativas à relação de consumo, inclusive do Saae-Sorocaba.  

O Procon de Sorocaba refuta que tenha deixado de atender qualquer uma das queixas sobre elevação no valor da conta tanto contra o Saae-Sorocaba, como o de quaisquer outros fornecedores. 

Compartilhe: