Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Morador de rua é morto com cerca de 20 facadas por três travestis na rodoviária

Postado em: 25/03/2019

Compartilhe esta notícia:

Um homem identificado como William Rabelo de França, de 27 anos, foi morto a facadas por três travestis, sendo uma de 28, a outra de 22 e a última de 20 anos, nessa tarde de segunda-feira (25), na rodoviária de Sorocaba.

A motivação do assassinato teria sido uma uma cobrança de taxa de prostituição exigida pela vítima. Até então, a informação preliminar era de que as travestis teriam se vingado do morador de rua após ele ter roubado-as.

A informação foi divulgada pela Polícia Militar. O corpo do homem, morto com cerca de 20 facadas, foi recolhido ao IML (Instituto Médico Legal). Até o momento, a identidade dele não foi descoberta.

width=960
Facas apreendidas pela PM utilizadas no crime. Foto: Polícia Militar/divulgação

O homicídio ocorreu por volta das 16h30. Cerca de sete viatura da PM foram ao local. O crime ocorreu na área de desembarque da rodoviária. Três travestis foram presas.

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado para atender a vítima. De acordo com ele, foram constatados no corpo do morador de rua aproximadamente 20 perfurações no tórax e abdômen. Quando os paramédicos chegaram, ele estava em parada cardio-respiratória. Foram feitas manobras de ressuscitação, porém sem sucesso.

Segundo os comerciantes da rodoviária, no sábado à noite já havia ocorrido confusão entre os moradores e as travestis, inclusive uma briga com cadeiradas.

width=960 width=960

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Sameach, Dom Rocco Fraioli - veja a coluna semanal de Vanderlei Testa

Vereadores voltam do recesso com quatro projetos para votar em 1ª discussão

Av. Edward Fru-Fru Marciano da Silva recebe melhoria na sinalização de solo

Ministro Gilmar Mendes manda soltar ex-governador Beto Richa no Paraná

Prefeitura autoriza reabertura da Feira da Barganha no próximo domingo

Mulher que pichava prédio perde equilíbrio e cai de altura do quinto andar