Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Ministério da Saúde libera cloroquina no SUS até em casos leves da Covid-19

Jovem Pan News
Postado em: 20/05/2020

Compartilhe esta notícia:

Jovem Pan News

O Ministério da Saúde divulgou, na manhã desta quarta-feira (20), o protocolo que libera o uso da cloroquina no Sistema Único de Saúde até para casos leves da covid-19. Até o momento a medicação só era liberada para casos avançados.

A mudança foi antecipada pelo presidente Jair Bolsonaro na terça-feira (19) ao afirmar que o ministro interino Eduardo Pazuello iria assinar o documento que ampliaria as diretrizes nesta manhã.

Apesar do novo protocolo, ainda não há comprovações científicas de que o medicamento é eficaz no combate a doença causada pelo novo coronavírus. Com isso, ainda é mantido a necessidade do paciente autorizar, assinando um documento, o uso do remédio.

Os novos protocolos afirmam que o paciente deve estar ciente dos efeitos colaterais da cloroquina, como por exemplo a “disfunção grave de órgãos, ao prolongamento da internação, à incapacidade temporária ou permanente, e até ao óbito”.

Já teriam sido registrados como afeitos colaterais alterações cardíacas e renais em pacientes que fizeram o uso do medicamento.

Além dos estudos internacionais não comprovarem sua eficácia, o Conselho Federal de Medicina liberou o uso da cloroquina apesar de não recomendá-la. A Sociedade Brasileira de Infectologia também não está de acordo com o fármaco contra o novo coronavírus.

Entenda

A adoção do medicamento no combate à doença foi motivo de atritos entre o presidente Jair Bolsonaro e os ex-ministros Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich — que saíram do cargo em abril e maio, respectivamente.

Apesar de incentivar o uso do fármaco em todos os casos, o presidente admitiu que o medicamento pode se mostrar ineficaz no futuro — mas prefere arriscar até que haja resultados conclusivos.

“Quem sabe, né? Pode ser que lá na frente digam que a cloroquina foi um placebo, ou seja, não serviu para nada. Mas, pode ser que daqui a dois anos digam ‘olha, realmente curava’.”

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Paralisação na ETA Éden vai prejudicar o abastecimento em 15 bairros no sábado

Chamadas para o Samu estão sendo recebidas temporariamente pelo telefone 193

Universitário cria respirador emergencial 28 vezes mais barato que os comprados pelo governo

Ilustra Comic Fest 2019 ocorre no Sesc Sorocaba neste fim de semana

Gracyanne recebe elogio de Schwarzenegger pela boa forma e comemora

Presidente da Câmara denuncia descaso em área ao lado de escola na Zona Oeste