Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Ministério da Educação anuncia diretrizes para volta às aulas presenciais

Jovem Pan News
Postado em: 01/07/2020

Compartilhe esta notícia:

Jovem Pan News

O Ministério da Educação anunciou nesta quarta-feira (1º) as diretrizes para o retorna das aulas presenciais em todo o País. Entre as regras, está o uso de máscaras, o distanciamento social de 1,5 metro, além de estímulos ás atividades remotas e online e o afastamento de profissionais que pertencem a grupos de risco.

O documento também estabelece medidas de biossegurança para toda a comunidade acadêmica, incluindo medidas protetivas individuais, o uso correto de EPIs, o distanciamento em sala de aula e também no transporte coletivo, monitoramento após retorno entre outros pontos destacados pelo MEC e elaborados por um grupo de trabalho multidisciplinar. Apesar da divulgação das diretrizes, ainda não há uma data certa para o retorno das aulas.

Segundo o MEC, o documento “representa a consolidação de esforços para nortear e possibilitar às Instituições de Ensino brasileiras melhores condições para enfrentar esse desafio. A publicação consolida orientações coletivas e individuais para que alunos, servidores e colaboradores possam retomar suas atividades com segurança, respeito à vida e às comunidades”.

De acordo com a Pasta, na rede federal de ensino quase 2 milhões de pessoas (78,12%) estão com as atividades suspensas. Nas universidades federal, são 1,05 milhão (70,37%) de pessoas paradas e nos institutos federais, são 792 mil (77,64%) pessoas com as atividades suspensas desde o início da pandemia do novo coronavírus. O Brasil é o segundo país com mais casos e mortes por Covid-19 – são 1.402.041 casos confirmados e quase 60 mil mortes.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Pequenos negócios geraram 75% dos empregos formais em setembro

Vestido de mulher, mecânico é preso ao tentar fazer prova de direção no lugar da mãe em Rondônia

Operação contra aglomeração e pancadões prende três pessoas em Sorocaba

STF tem maioria a favor da criminalização da homofobia

Sorocaba registra a quarta morte por coronavírus; casos somam 39 infectados

Bolsonaro patina para cumprir promessas de campanha após primeiro ano de governo