Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Adolescente que aterrorizou Sesi após mensagens é liberado: ‘foi um protesto’

Postado em: 18/03/2019

Compartilhe esta notícia:

O adolescente de 14 anos responsável pelas mensagens que aterrorizaram alunos e pais de uma escola de Sorocaba prestou depoimento, na manhã desta segunda-feira (18), na Delegacia de Investigações Gerais (DIG). Acompanhado da mãe, o menor disse que mandou as mensagens como forma de ‘protesto’.

Além dele, foi localizado outro adolescente que também ameaçou funcionários da unidade de ensino. O computador dos dois adolescentes foram apreendidos e encaminhados ao Instituto de Criminalista (IC).

Segundo informações da polícia, o menor é estudante do Sesi. Ele foi localizado, após os investigadores rastrear o IP do computador. Na casa onde mora não foi encontrada nenhuma arma.

Em depoimento, ele disse que as mensagens foram encaminhadas como uma forma de protesto. Aos policiais ele relatou que “considerava uma hipocrisia a mídia dar tanta atenção para o massacre de Suzano, sendo que há coisas graves e importantes acontecendo no país”.

Nas postagens que circularam pelo Facebook, inclusive em grupos de barganha, o menor  citava que o suposto próximo “massacre” ocorreria no Sesi Mangal, ao meio-dia de quarta-feira, e teria como alvo “criancinhas”. O perfil ainda proferiu palavras de ódio aos funcionários da unidade. “Logo todos estarão em caixão branco”.

width=720

 

O menor foi ouvido e liberado. Foi aberto um inquérito do caso, que será encaminhado para a Vara da Infância e da Juventude. O caso segue em investigação.

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Câmara realiza sessão extraordinária com reajuste de servidores e cartão alimentação

PM prende dupla após roubo a supermercado em Sorocaba

Queda de raio deixa um morto e 14 pessoas feridas em Gravataí

Sorocaba tem duas novas mortes e totaliza 23 óbitos confirmados com o novo coronavírus

Manutenção foi concluída e distribuição de água começa a ser retomada na Zona Leste

VÍDEO: prefeito José Crespo concede entrevista na Rádio Ipanema após 21 meses de ausência