Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Membranas de oxigenação da ETE Pitico são substituídas; em 2019, manutenção causou cheiro forte na Zona Norte

Agência Sorocaba
Postado em: 02/07/2020

Compartilhe esta notícia:

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Sorocaba (Saae) deu início nesta semana à intervenção de substituição das membranas de oxigenação dos dois tanques de aeração da Estação de Tratamento de Esgoto Pitico (ETE Pitico), localizada no final da avenida Itavuvu. Em 2019, uma manutenção no sistema de aeração da unidade gerou mal cheiro sentido em diversos bairros da Zona Norte, por mais de 30 dias.

Essa manutenção é necessária neste momento, pois o equipamento acaba se deteriorando em contato com o efluente, após alguns anos de uso. Como se trata de um processo biológico de tratamento desenvolvido nas ETEs de Sorocaba, as membranas têm a função de injetar oxigênio nos tanques e possibilitar a proliferação dos micro-organismos responsáveis pela “digestão” da carga orgânica que compõe o esgoto.

No trabalho que vem sendo desenvolvido, os funcionários da autarquia utilizam uma balsa para adentrar os tanques, de onde retiram os conjuntos de difusores tubulares que estão submersos, que são revestidos pelas membranas. Num outro espaço da ETE, esses conjuntos passam por lavagem e avaliação por outra equipe de servidores, que definem quais membranas precisam ser substituídas ou podem ser reutilizadas.

Na ETE Pitico o trabalho vem sendo desenvolvido no primeiro dos dois tanques. Cada um deles possui 11 mangueiras com 7 conjuntos de 5 difusores, o que perfaz um total de 770 membranas de oxigenação a passarem por limpeza, vistoria e substituição ou recuperação, material esse que é produzido e importado dos Estados Unidos, Alemanha e China.

A previsão da autarquia é de que a manutenção seja concluída nos dois tanques de aeração dentro de dez dias.

Em 2019

Em 2019, a uma manutenção para aprimoramento do sistema de aeração provocou mau cheiro. De acordo com o Saae na época, a maior inserção de oxigênio no volume em tratamento aumentou as atividades dos microorganismos (massa biológica) responsáveis por consumir a matéria orgânica do efluente, o que provocou o odor ruim. 

Reforma e ampliação

Inaugurada em junho de 2009, a ETE Pitico está localizada na região do Parque São Bento, ocupando uma área de 79.418 metros quadrados, com capacidade para tratar 250 litros de esgoto por segundo.

A unidade, porém, está passando por obras para ampliar a sua capacidade de tratamento e de eficiência. O esgoto tratado nesta ETE é proveniente de parte da zona norte, incluindo os bairros localizados à esquerda da avenida Itavuvu e à direita da avenida Ipanema.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Projeto que libera bloqueadores de ar nos hidrômetros é votado nesta 5ª

Empresário de 31 anos morre após capotar veículo e bater em poste, em Votorantim

Adolescente de 16 anos rouba moto, foge da PM, causa acidente e é detido

Doria condena praias lotadas e rodovias congestionadas: ‘Ainda estamos em quarentena’

Romu detém traficante com lança-perfume, crack e outras drogas nas proximidades de CEI no Nova Sorocaba

Vereadores rejeitam dois novos pedidos de abertura de CP contra Crespo