Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Médico conhecido como ‘Doutor Bumbum’ tem registro profissional cassado

Postado em: 13/05/2019

Compartilhe esta notícia:

Douglas Corrêa, Agência Brasil

O médico Denis Cesar Barros Furtado, conhecido como “Doutor Bumbum”, teve o registro profissional cassado nesta segunda-feira (13). O Conselho Regional de Medicina de Goiás (CRM-GO) publicou a cassação do registro do médico, acusado de matar uma paciente durante um procedimento estético no Rio de Janeiro.

Doutor Bumbum teve a prisão preventiva decretada pela Justiça do Rio de Janeiro, em julho de 2018, após a morte da bancária Lilian Calixto, 46 anos, que realizou um procedimento estético no apartamento do médico, na Barra da Tijuca, passou mal e foi levada para um hospital no mesmo bairro, onde morreu. Apesar de clinicar no Rio, o registro do Conselho Regional de Medicina (CRM) do Doutor Bumbum só tinha validade em Brasília e Goiás.

O pedido inicial de cassação do exercício profissional foi feito pelo CRM do Distrito Federal e referendado pelo Conselho Federal de Medicina em 24 de abril. Com ele, todos os conselhos regionais onde o médico atuava são obrigados a publicar a decisão para deixar registrado que Denis Furtado perdeu o direito de exercer a medicina.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Vagas rotativas da Zona Azul estão em operação

Prefeitura de Sorocaba entrega 2 mil cestas básicas a menos que o prometido nesta semana

Esfaqueamento próximo a Tóquio deixa mais de uma dezena de feridos

Bolsonaro manda suspender uso de radares nas rodovias federais

PM prende homem que tentou estuprar idosa de 72 anos no Além Ponte

PM sai para prender condenado por roubo e o flagra também com drogas na Vila Haro