Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

MEC erra em notas do Enem e diz que vai corrigir problema

Postado em: 18/01/2020

Compartilhe esta notícia:

FOLHAPRESS

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, informou neste sábado (18) que notas do Enem foram divulgadas com erros.

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) liberou na sexta-feira os resultados individuais da última edição do exame. Desde a noite de sexta, participantes relatam nas redes sociais estranhamento com as notas.

Weintraub publicou vídeo na manhã deste sábado nas redes sociais em que assume a falha.
"Encontramos inconsistências na contabilização e correção da segunda prova do Enem", disse ele.

O ministro disse que o impacto em número de candidatos foi pequeno, mas não detalhou os números.
"Um número muito pequeno de pessoas teve o gabarito trocado quando foi fechado os envelopes".

Weintraub havia comemorado em diversas ocasiões que esta edição do exame, a primeira sob o governo Jair Bolsonaro, havia sido a melhor de todos os tempos por falhas não terem sido registradas.

O governo Bolsonaro promete corrigir as falhas até segunda-feira. "Houve inconsistência no gabarito de algumas provas do Enem 2019 e, por isso, candidatos foram surpreendidos com os resultados de suas notas", escreveu o ministro, na publicação do vídeo.

"O número é muito baixo. Até segunda-feira, dia 20, tudo será resolvido. Pedimos desculpas aos participantes do exame pelo transtorno."  Uma entrevista coletiva foi chamada às pressas na manhã deste sábado. Weintraub e o presidente do Inep, Alexandre Lopes, devem dar detalhes sobre as falhas.

Quase 4 milhões de pessoas participaram do exame.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Prazo para eleitor regularizar título termina em maio

Saae garante que rodízio não interfere na qualidade da água que abastece Sorocaba

Duas pessoas morrem em desabamento durante chuva na Grande SP

Rodízio de veículos em São Paulo segue no fim de ano e em janeiro

Centralizador, Bolsonaro acumula desgaste para frear ministros e até Mourão

Expo CIEE Virtual oferece 8 mil vagas de estágio e aprendizagem