Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

MEC divulga resultados preliminares do Censo Escolar 2019

Postado em: 02/10/2019

Compartilhe esta notícia:

O Ministério da Educação (MEC) divulgou nesta quarta-feira (2) os resultados preliminares do Censo Escolar da Educação Básica 2019. Os dados podem ser conferidos no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Agora, os responsáveis pelas escolas públicas têm até 31 de outubro para conferir, complementar e, se for necessário, corrigir as informações publicadas.

Após a retificação, caso necessária, não será mais possível alterar os dados informados na Matrícula Inicial do Censo Escolar 2019, de acordo com o MEC. A divulgação dos resultados finais do Censo Escolar, das sinopses estatísticas, com todas as redes de ensino, de forma contextualizada, e com microdados públicos está prevista para o final de janeiro de 2020.

Censo Escolar
O Censo Escolar é o principal instrumento de coleta de informações da educação básica e o mais importante levantamento estatístico educacional brasileiro nessa área. As matrículas e os dados escolares coletados servem de base para o repasse de recursos do governo federal e para o planejamento e divulgação de dados das avaliações realizadas pelo Inep.

O Censo abrange as diferentes etapas e modalidades da educação básica e profissional: o ensino regular – educação infantil, ensino fundamental e médio; a educação especial; a Educação de Jovens e Adultos (EJA); e a educação profissional, que abrange cursos técnicos e cursos de formação inicial continuada ou qualificação profissional. (Agência Brasil)

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

PF apreende meia tonelada de cocaína e um helicóptero no interior de SP

Pessini é condenado a pagar R$ 40 mil a Taty Polis sobre insinuação de sexo oral

Inscrição para castração de animais do Júlio de Mesquita e Jardim Ipiranga ocorre nesta 5ª e 6ª

Preço do etanol fecha 2019 em alta de 11,5% nas bombas

Desenvolve SP disponibiliza mais R$ 400 milhões para Turismo

Aborto legal em menina estuprada no ES é ´crime hediondo´, diz presidente da CNBB