Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

MEC divulga nesta segunda-feira (28) os resultados do Sisu

Postado em: 27/01/2019

Compartilhe esta notícia:

O Ministério da Educação (MEC) divulga amanhã (28) o resultado Sistema de Seleção Unificada (Sisu), pela internet e pelo aplicativo do Sisu. Os estudantes que não foram selecionados podem participar da lista de espera a partir de terça-feira (29).

As informaçõe são da Agência Brasil.

Aqueles que foram selecionados devem fazer a matrícula nas instituições de ensino no período de 30 de janeiro a 4 de fevereiro. Os estudantes devem ficar atentos aos dias, horários e locais de atendimento definidos por cada instituição em seu edital próprio.

Quem não foi selecionado pode ainda participar da lista de espera. A adesão pode ser feita na página do Sisu a partir desta quarta-feira até o dia 5 de fevereiro. Esses alunos serão convocados pelas próprias instituições de ensino a partir do dia 7 de fevereiro.

A principal novidade deste ano é que os estudantes que forem selecionados em qualquer uma das duas opções feitas na hora da inscrição não poderão participar da lista de espera. Até o ano passado, aqueles que eram selecionados na segunda opção podiam ainda participar da lista e ter a chance de ser escolhido na primeira opção.

Ao todo, o Sisu oferece, nesta edição, 235.461 vagas em 129 instituições públicas de todo o país. Puderam se inscrever no programa os estudantes que fizeram o Enem 2018 e obtiveram nota acima de zero na prova de redação. Segundo o MEC, 3,5 milhões de estudantes preencheram os requisitos.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Márcio França, candidato ao governo de São Paulo, visita Sorocaba nesta 2ª

Secretaria da Saúde realizou reunião emergencial com médicos cubanos

Carro de prefeitura de Itaóca colide no KM 94 da rodovia Raposo Tavares

Estudante é sequestrada e estuprada após sair da escola em Votorantim

Câmara de Sorocaba impõe derrota a Jaqueline e rejeita projeto que aumentava contribuição de servidores municipais

Para evitar protagonismo, Bolsonaro quer gestão Teich sob tutela da ala militar do Planalto