Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Max Verstappen conquista a pole position para o Grande Prêmio do Brasil

Fotoarena / Folhapress
Postado em: 16/11/2019

Compartilhe esta notícia:

Folhapress

Max Verstappen conquistou neste sábado (16) a pole position para o Grande Prêmio do Brasil. No treino de classificação no Autódromo de Interlagos, o holandês da Red Bull marcou 1min07s508 e conquistou a primeira posição do grid de largada. Sebastian Vettel, da Ferrari, larga em segundo.

Lewis Hamilton, da Mercedes, ficou com o terceiro tempo. Charles Leclerc foi o quarto, mas terá uma punição devido a uma troca de motores e perderá dez posições no grid. Assim, a segunda fila terá Valtteri Bottas, também da Mercedes, ao lado de Hamilton.

A corrida acontece amanhã, com largada às 14h10 (horário de Brasília).

No Q1, as Williams abriram a primeira parte do treino de classificação, fazendo mais reconhecimento de pista do que voltas lançadas. Primeiro a marcar tempo, o britânico George Russell fez 1min10s688.

A marca rapidamente foi batida pelas Toro Rosso - Pierre Gasly encabeçou a sessão por pouco tempo ao fazer 1min09s288, exatamente 1s4 à frente do britânico da Williams.

Pela Red Bull, Max Verstappen marcou 1min08s242 e logo passou a ditar o ritmo dos primeiros colocados. A marca do holandês acabou se confirmando como a mais rápida da primeira parte da qualificação. Charles Leclerc e Alexander Albon ficaram logo atrás, completando as três primeiras posições.

Já com o cronômetro zerado, Nico Hulkenberg (Renault), Sergio Perez (Racing Point) e Kimi Raikkonen (Alfa Romeo) reagiram e conseguiram voltas a tempo de deixar a knockout zone. Pior para quem ficou para trás e foi eliminado: Daniil Kvyat, Lance Stroll, George Russell, Robert Kubica e Carlos Sainz - o espanhol da McLaren não conseguiu registrar volta.

Na segunda bateria, O primeiro a registrar tempo foi Lewis Hamilton, que marcou logo o melhor tempo do fim de semana até então: 1min08s088. Mas Max Verstappen reagiu e fez 1min07s503, o primeiro a andar abaixo de 1min08s. E se manteve em primeiro até o fim, com Leclerc em segundo.

No fim da cronometragem, Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo) rodou e provou uma paralisação das atividades. No fim, o italiano não conseguiu melhorar seu tempo e ficou com o 13º lugar, eliminado no Q2.

Também foram eliminados Lando Norris, 11ª com a McLaren; Daniel Ricciardo, 12º com a Renault; Nico Hulkenberg, 14º com a Renault; e Sergio Perez, 15º com a Racing Point.

Nos 10 minutos finais do treino de classificação, Kimi Raikkonen foi o primeiro a marcar tempo, com 1min09s659. Mas a "pole" do finlandês durou pouco. A pouco mais de 6 minutos para o fim da sessão, Max Verstappen marcou 1min07s623, deixando já para trás seus principais concorrentes - Sebastian Vettel, Charles Leclerc, Lewis Hamilton e Valtteri Bottas, pela ordem.

No minuto final, o holandês da Red Bull tentou melhorar a marca, e conseguiu: 1min07s508. Leclerc tentou bater a marca, mas não conseguiu. Hamilton também, sem sucesso. Melhor para Vettel, que manteve a segunda colocação.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Médica sorocabana é presa na Operação Hipócritas, suspeita de receber propina

Câmara vota projeto nesta quinta-feira para acabar com frota de ônibus velhos

A Arca de Noé e a Arca de Sorocaba

Câmara quer tirar “limite” de Crespo para remanejamentos do Orçamento

Prefeitura de Sorocaba homologa processo seletivo para contratação de professores

Motorista tenta pagar pedágio da Castello Branco com notas falsas e se dá mal