Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Manutenção emergencial vai paralisar abastecimento de água em Sorocaba nesta quarta-feira

Agência Sorocaba
Postado em: 04/02/2020

Compartilhe esta notícia:

Em virtude de uma intercorrência detectada em uma linha de adução de 500 milímetros de diâmetro, localizada entre a Vila Barão e o Jardim Zulmira, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Sorocaba precisará executar uma manutenção emergencial na manhã desta quarta-feira (5), que vai exigir a paralisação momentânea das operações da Estação de Tratamento de Água “Dr. Armando Pannunzio” (ETA Cerrado). Como consequência, o abastecimento da cidade como um todo deverá ser parcialmente prejudicado no período da intervenção, programada para ocorrer das 5h às 10h.

De acordo com o diretor-geral da autarquia, engenheiro Mauri Gião Pongitor, “a manutenção emergencial será necessária para corrigir um desalinhamento encontrado nessa linha de adução, provocado pelo deslocamento horizontal em uma de suas juntas, que precisará ser recolocada na sua posição de origem, num trabalho preventivo, para que uma situação mais grave no futuro seja evitada”.

Como se trata de uma linha de adução de grande proporção, que recebe e distribui água por um sistema de bombeamento, a partir da Estação de Tratamento de Água “Dr. Armando Pannunzio” (ETA Cerrado), a pressão interna é elevada e desta forma será necessário interromper momentaneamente o seu funcionamento para que as intervenções programadas sejam executadas.

O planejamento do Saae/Sorocaba para essa manutenção emergencial inclui também – além das equipes de trabalho, máquinas e equipamentos de apoio – o seu sistema de telemetria, que vai trabalhar para começar a quarta-feira com nível máximo de água nos Centros de Distribuição instalados na cidade, contribuindo para a minimização dos reflexos da interrupção no abastecimento.

Assim que as intervenções programadas estiverem concluídas, a linha de adução que apresentou deslocamento será novamente colocada em carga e a partir de então a distribuição de água será retomada, com previsão de normalização do abastecimento da cidade até o final da tarde.

A autarquia solicita que a população mais uma vez colabore, fazendo uso da água com o máximo de economia nesta quarta-feira, para que os efeitos da paralisação da ETA Cerrado sejam minimizados.

Interligação da nova adutora

Aproveitando essa manutenção emergencial, a autarquia decidiu antecipar uma outra intervenção que também exigiria a paralisação das operações da ETA Cerrado, e desta forma vai executar a primeira das duas interligações previstas da nova adutora de água tratada que está sendo implantada para ampliar o sistema de abastecimento da zona oeste da cidade.

Essa nova adutora tem diâmetro de 800 milímetros, com tubos em ferro fundido, numa extensão de 1.751 metros, entre a ETA Cerrado – onde ocorrerá essa primeira interligação -, e a avenida Santa Cruz, local da segunda interligação, no cruzamento com a rua Serafina Milego Latorre.

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Coronel se afasta da Prefeitura por 15 dias menos de 3 meses após tomar posse

Juíza ordena prisão de Ronaldinho Gaúcho por tempo indeterminado

Venda de ingressos para o Rock in Rio começa nesta quinta-feira

Teatro na tela apresenta a live "SOLAMENTE" - confira a coluna de José Simões

Bolsonaro cita compromisso e afirma que vai indicar Moro para vaga no STF

Vigilância Sanitária interdita casa de tratamento para dependentes químicos