Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Mais de 1.400 farmácias em oito estados e no DF racionam álcool em gel e máscaras a consumidores

Foto: Futura Press/Folhapress
Postado em: 11/03/2020

Compartilhe esta notícia:

Matheus Moreira, Folhapress

 

Mais de 1.400 farmácias em oito estados e no Distrito Federal estão racionando a quantidade de itens como álcool em gel e máscaras que os clientes podem levar a cada compra devido à pandemia do novo coronavírus.

 

As farmácias pertencem ao grupo DPSP, que inclui todas as lojas Drogaria Pacheco e Drogaria São Paulo em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Goiás, Espírito Santo, Pernambuco e Paraná, bem como no Distrito Federal.

 

O grupo informa que cada cliente pode comprar por vez cinco unidades de álcool em gel, duas caixas de máscaras descartáveis ou dez unidades de máscaras avulsas. "O objetivo é garantir o abastecimento e proporcionar saúde e bem-estar ao maior número de clientes", diz a nota enviada à reportagem.

 

A Drogasil, que pertence ao grupo RD-RaiaDrogasil, diz em nota que as cerca de 1.400 lojas do grupo não adotaram política de racionamento. Entretanto, uma das lojas da Drogasil, próxima ao Largo do Arouche, no centro de São Paulo, traz cartazes que indicam o contrário.

 

De acordo com o cartaz, cada cliente pode levar até 5 unidades de álcool em gel de 80 ml, até 5 unidades de álcool em gel de 440 ml, até 3 unidades de álcool em gel de 500 ml, apenas 1 caixa de máscaras descartáveis e até 5 máscaras descartáveis avulsas.

Nessa loja da Drogasil, houve um aumento abrupto na procura pelos itens citados logo após a confirmação do primeiro caso da doença no Brasil, causando esgotamento do estoque e levando ao racionamento.

Em janeiro, levantamento da Folha mostrou que, mesmo sem casos de infecção pelo novo coronavírus no Brasil, já havia uma corrida às farmácias da cidade de São Paulo em busca de álcool em gel e máscaras.

Das 30 drogarias procuradas pela reportagem, apenas seis disseram ter os itens. Na avenida Paulista, por exemplo, uma das principais áreas de circulação da capital, nenhuma das farmácias disse ter os produtos em estoque.  

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Após lamentar mortes em baile funk, Doria elogia política de segurança 

Vigilância Sanitária autua clínica geriátrica após não cumprir interdição

Guarda Civil Municipal localiza produtos roubados do Mercado Distrital em Sorocaba

Hoje é o dia do Geriatra. Em Sorocaba há associação de geriatras - veja na coluna semanal de Vanderlei Testa

Cristian Cravinhos é condenado em 2ª instância por tentar subornar policiais em Sorocaba

Câmara não anula decreto sobre aplicativos de transporte e classe se irrita