Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Mãe de garota que caiu de prédio deve prestar depoimento à polícia nesta sexta

Postado em: 08/02/2019

Compartilhe esta notícia:

A mãe da garota de 8 anos que caiu do 4º andar de um prédio acredita que a garota não cortou a tela de proteção para se jogar do apartamento em que mora, em Sorocaba. O boletim de ocorrência sobre o fato foi registrado pela Polícia Civil como queda acidental.

O depoimento da mãe biológica da criança, Tatiane Souza Silva, é aguardado ainda nesta sexta-feira (8). O caso está no 2º Distrito Policial.

A menina, Maria Eliza Silva, foi socorrida e encaminhada ao Conjunto Hospitalar de Sorocaba com fraturas no fêmur e trauma no crânio. Até o início desta manhã de sexta ela continuava internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em estado estável aguardando por cirurgia.

À Polícia Militar, a madrasta da criança, Rebeca de Jesus Silva, chegou a relatar que a própria menina teria cortado a rede de proteção da sacada do apartamento e se jogado. Uma tesoura foi encontrada no sofá pela perícia.  Em primeiro momento, os peritos entendem o fato como acidente.

A veículos de comunicação, nesta noite de quinta-feira (7), Tatiana disse que mora em São Paulo, teria dito que a filha estava com ela na capital e não queria voltar para Sorocaba. Ela também acredita que a criança não teria força para cortar a rede de proteção. Além disso, pontuou que a menina teria medo de altura. M.E.S caiu da sacada do quarto andar, de uma altura de 15 metros. A mãe buscou não culpar ninguém sobre a situação e espera posicionamento da polícia.

No boletim de ocorrência, Rebeca alegou que ela ficou com a mãe durante dois meses na capital e voltou “mais quieta” para Sorocaba. Ela relatou ter saído do apartamento por volta das 3h50 do apartamento para levar seu marido, o pai da criança, Eduardo José Silva, ao trabalho, e deixou Maria Eliza sozinha e dormindo. Quando retornou ao condomínio, o residencial Arco Íris, próximo das 4h10, teria se deparado “com a menina no chão, chorando e pedindo socorro”.

O caso de a menina ter sido deixado sozinha durante a saída de seus responsáveis (madrasta e pai) foi registrado no boletim como abandono de incapaz, pois a criança sofreu queda que resultou nas graves lesões.

Câmeras de monitoramento

Imagens das câmeras de segurança do prédio onde a criança, de 8 anos, caiu do quarto andar, podem ajudar nas investigações. O acidente ocorreu na madrugada desta quinta-feira (7), em um condomínio na Zona Leste de Sorocaba.

Nas imagens, é possível ver que por volta das 4h, a madrasta da criança, Rebeca, e o pai, Eduardo, entram no elevador. Minutos depois, em outras imagens, a madrasta aparece desesperada, sozinha, falando ao celular.

Vizinha diz ter ouvido “choros e gritaria”

A reportagem do Ipa Online apurou que uma vizinha moradora próximo ao apartamento que uma menina de 8 anos caiu, ouviu choros e gritarias durante a madrugada.

Segundo o relato, a moradora disse não ter conseguido dormir por conta dos choros e gritos que vinham aparentemente do imóvel que mora a criança. O síndico do prédio, Roberto Morelli, informou ter sido acordado e avisado pela portaria que a menina havia caído.

width=1280
Polícia Militar no prédio durante esta manhã de quinta-feira / Foto: Cristiane Carvalho

O caso

Maria Eliza Silva, 8 anos, foi socorrida em estado grave após cair do 4º andar de um prédio, no bairro Parque Três Meninos, em Sorocaba. De acordo com o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) que realizou o resgate, o caso ocorreu durante a madrugada desta quinta-feira (7).

A Polícia Militar informou ter sido acionada para atender a ocorrência, por volta das 4h20, no Residencial Arco Iris. Segundo a madrasta da vítima, ela teria saído para levar o marido, no caso o pai da criança, ao trabalho e, quando retornou, após 10 minutos, viu a criança já no chão, caída do lado de fora. Segundo a mulher, a própria menina teria cortado a tela de proteção e se jogado. Uma tesoura foi encontrada no sofá do apartamento.

width=1280
Viatura da perícia no prédio onde caso ocorreu / Foto: Cristiane Carvalho

O casal é inquilino no prédio e mora no local desde novembro do ano passado, de acordo com o síndico do condomínio, Roberto Morelli. O síndico também informou ter sido avisado na portaria que a menina havia caído. Uma vizinha que mora próximo ao apartamento onde mora a vítima relatou não ter conseguido dormir durante a madrugada por conta de “uma gritaria e choros de criança”.

O Samu atendeu o caso por volta das 4h30. O prédio fica na rua João Delgado Hidalgo. O Um caminhão do Corpo de Bombeiros também foi ao local. A garota foi socorrida com fraturas nos membros inferiores e traumatismo craniano. Ela foi encaminhada ao Hospital Regional e o estado de saúde dela é grave.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Veja aprovação de Moro, Guedes, Damares, Lorenzoni e outros ministros pelo Datafolha

Acidente com dois veículos deixa três feridos na Sorocaba-Porto Feliz nesta tarde

Além de Bolsonaro, Rússia, China e México ainda não parabenizaram Biden

Segundo turno chega ao fim em Sorocaba; apuração de votos é iniciada

A aliado, Bolsonaro prometeu declarar apoio à reeleição de Crivella

Mutirão contra a dengue remove mais de uma tonelada de criadouros