Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Lula critica atuação de Bolsonaro na crise do coronavírus e elogia imprensa

Foto: reprodução
Postado em: 20/03/2020

Compartilhe esta notícia:

Carolina Linhares, FOLHAPRESS


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) usou sua rede social nesta quinta-feira (19) para criticar a atuação do governo Jair Bolsonaro no combate à pandemia de coronavírus.


"O governo não estava preocupado em orientar o povo, estava preocupado em se desfazer da imagem negativa que ele se permitiu criar de tanta bobagem que falaram durante essa última semana", afirmou Lula.


O petista se referiu à entrevista à imprensa de Bolsonaro e seus ministros, na quarta (18), em que todos apareceram de máscara. Na ocasião, o presidente mudou o tom e anunciou medidas contra a crise que, dias antes, havia chamado de "histeria" e "fantasia", o que gerou críticas da população.


"Bolsonaro deveria governar para 210 milhões e não governar para satisfazer seu ego ou dos seus filhos", afirmou.


Lula chamou a entrevista de "show de narcisismo", de "patética" e disse que "só serviu para demonstrar que não temos governo".
"Governo existe não para falar bobagem, mas para cuidar das pessoas e daquelas que mais precisam", completou.


O petista ainda elogiou o papel da imprensa. "Se tem uma coisa que nesses últimos dias tem funcionado perfeitamente bem, do ponto de vista da qualidade da informação, é a imprensa brasileira."


"Todo mundo sabe que eu sou muito crítico à imprensa, mas tenho que reconhecer. Se tem uma instituição que prestou um serviço de informação 24h por dia ao povo brasileiro foi a imprensa", completou.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Traficante abandona carro e foge a pé da GCM no bairro Barcelona; ele foi preso com 181 pinos de cocaína

Doria se solidariza com secretário preso e o avalia como dentro das expectativas

Votorantim confirma 22 novos casos de Covid-19

Secretário de Doria detona Bolsonaro na Pan e dispara: "irresponsabilidade e falta de vontade"

Ciclo 3: Caixa paga auxílio emergencial para nascidos em outubro

Caixa paga auxílio emergencial para 3,9 mi nascidos em junho