Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Líder de Crespo que ofendeu professores na internet é processado por danos morais

Postado em: 02/05/2019

Compartilhe esta notícia:

Uma professora entrou com ação civil pública na Justiça para pedir indenização por danos morais após o vereador Irineu Toledo (PRB) ofender a categoria em um postagem sobre o ataque à escola de Suzano, no Facebook. Irineu é líder da base do Governo Crespo na Câmara.

De acordo com o documento, datado de 28 de março, Madalena Roque da Silva Rodrigues pede que Toledo pague R$ 10 mil de indenização, além de retratação nas redes sociais. A defesa do vereador apresentou contestação da ação no dia 25 de abril. A ação está nas mãos da juíza Tamar Oliva de Souza Totaro, da 2ª Vara do Juizado Especial Cível.

O Ipa Online se mantém à disposição para manifestação do vereador.

O líder da base do governo protagonizou o bate-boca com professores e internautas no Facebook, na noite de 14 de março. Na discussão acalorada o parlamentar dispara diversas ofensas contra os professores, como “incultos”, “parasitas do serviço público”, “ditadores asquerosos” etc.

Tudo começou com o compartilhamento de um meme por um usuário do Facebook, que cita a tragédia ocorrida em uma escola estadual de Suzano. Nele, um usuário do Twitter opina que “professores ganham mal”. O vereador questionou o fato por meio de comentário na publicação: “não sei quem colocou na cabeça de vocês que professor ganha mal!!!”.

Quem acompanha a postagem resolveu contrariar a opinião do vereador e acabou entrando em um bate-boca com o mesmo, que chegou a comentar que “os professores reclamam de tudo, nunca estão satisfeitos e ganham os melhores salários”.

width=497

width=491

width=484 width=492

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Verbas para a Cultura – ProAC Municípios

GCM prende procurado pela Justiça após invasão em escola municipal de Sorocaba

Prefeitura entrega prêmios aos ganhadores do Nota Fiscal Sorocabana

Caso de voluntária Taty Pólis será investigado pela Polícia Civil

Câmara aprova PL que aumenta pena para maus-tratos a animais e zoofilia

Bandidos ferem dois policiais e fazem clientes de restaurante reféns