Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Justiça rejeita ação de improbidade contra prefeito, secretário afastado e servidor

Postado em: 27/07/2019

Compartilhe esta notícia:

O juiz da Vara da Fazenda Pública de Sorocaba, Leonardo Guilherme Widmann, rejeitou a ação civil pública, apresentada pelo Ministério Público, contra o prefeito José Crespo; o secretário afastado Hudson Zuliani; e o servidor Edmilson Chelles Martins por improbidade administrativa.

A ação, protocolada pelo promotor Orlando Bastos Filho, questionava o afastamento remunerado de Zuliani e Martins após ser deflagrada a Operação Casa de Papel, que investiga irregularidades em contratos da prefeitura.

O promotor pedia que os pagamentos fossem suspensos imediatamente e ainda determinava o bloqueio de bens dos citados.

No total, a ação exigia o pagamento de pouco mais de trezentos e sessenta e quatro mil reais dos citados.

Na decisão, o magistrado indeferiu o pedido e afirmou que a ação “míngua” de elementos concretos de desvio de finalidade para a prática do ato de afastamento dos citados, determinando a extinção do processo.

O juiz frisou que o afastamento de Zuliani e Chelles atendeu a uma recomendação da Câmara de Sorocaba e apoiada por parecer do Procurador-Geral do Município.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Corpo de homem com tatuagem nas costas é encontrado em trecho do rio Sorocaba

Prefeitura abre inscrição para castração gratuita de cães e gatos a partir de 3ª

Operadoras devem informar ao TSE linhas de agências suspeitas de disparos pelo WhatsApp

Muro de casa em Sorocaba cai durante chuva e família alega: "já havíamos alertado prefeitura"

Apesar de ataques de Bolsonaro, cartilha do governo defende que jornalistas não sejam expostos

Gilmar Mendes e a decisão do STF