Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Jaqueline prorroga quarentena em Sorocaba e admite que pode decretar lockdown

Reprodução / Facebook
Postado em: 08/05/2020

Compartilhe esta notícia:

A Prefeitura de Sorocaba, seguindo a determinação do Governo do Estado, decidiu ampliar a quarentena no município a partir de segunda-feira (10) até o dia 31 de maio. A medida segue sem flexibilizações, e foi tomada para conter o avanço do coronavírus (Covid-19) na cidade, assim como em todo o Estado. 

A determinação será publicada no jornal Município de Sorocaba desta sexta-feira (8). Em 21 de março a Prefeitura de Sorocaba decretou Estado de Calamidade Pública para fins de prevenção e enfrentamento da pandemia do coronavírus.  

Em live transmitida pelo facebook da Prefeitura, a prefeita admitiu determinar lockdown em Sorocaba. "Se a curva subir, posso estabelecer lockdown. Não vamos permitir chegar à situação de Manaus, Rio de Janeiro e outras localidades em que a situação ficou muito ruim", afirmou a prefeita.

Ainda segundo Jaqueline, a arrecadação financeira da Prefeitura de Sorocaba está abaixo do previsto. "Até o momento, arrecadamos 35% a menos do que tínhamos previsto".

A determinação seguirá como a anterior, com o fechamento do comércio e mantendo apenas os serviços essenciais, como nas áreas de Saúde e Segurança. Deverão seguir fechados as casas noturnas; shopping centers e galerias; academias e centros de ginástica; espaços para festas, casamentos, shows e eventos; escolas públicas ou privadas. Já os bares e restaurantes devem fechar e só poderão atender por delivery. A medida também afeta as padarias de todo o Estado que trabalham com refeições. 

As Casas do Cidadão e o Paço também permanecem sem atendimento presencial aos munícipes, mantendo apenas o funcionamento essencial. Assim como o Posto de Atendimento ao Trabalhador e a Universidade do Trabalhador, Empreendedor e Negócios (Uniten).

Pela medida, devem seguir funcionando durante a quarentena: hospitais, clínicas, farmácias e clínicas odontológicas; transporte público; transportadoras e armazéns; empresas de telemarketing; petshops; deliveries; supermercados, mercados e padarias; limpeza pública; postos de combustível; oficinas mecânicas e lojas de autopeças; lojas de material de construção. Também podem funcionar bancas de jornal, táxis e aplicativos de transporte, desde que cumpram com as orientações dos sanitaristas. Os serviços de Segurança Pública, tanto estadual, quanto municipais, também continuam funcionando normalmente. Os bancos e lotéricas também continuam abertos. As indústrias devem continuam operando, já que não têm atendimento ao público em geral. 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Pessoas vão preferir trabalhar domingo a ficar desempregadas, diz secretário

Governo entrega primeira fase da reforma tributária ao Congresso

Após agredir ex-sogro com facão, homem é atingido com tiro de espingarda pela GCM

Secretaria de Mobilidade media reunião entre BRT e representantes de deficientes visuais

Renda Brasil: governo criará programa de renda mínima após pandemia

GCM encontra 2,5 mil porções de drogas enterradas em quintal de casa de traficante