Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Jaqueline deve ter contas de campanha a deputada reprovadas, segundo parecer do TRE; prefeita se diz `surpresa´

Arquivo
Postado em: 09/07/2020

Compartilhe esta notícia:

O parecer técnico do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo sobre as contas de campanha da prefeita de Sorocaba, Jaqueline Coutinho (PSL), aponta irregularidades e conclui pela desaprovação do balanço feito durante as eleições de 2018, quando a então vice-prefeita da cidade foi candidata a deputada estadual. A prefeita disse que recebeu com surpresa o parecer e nega irregularidades. O parecer segue para julgamento do tribunal, ainda sem data para ocorrer.

Segundo o texto, a então candidata omitiu despesas, fez gastos eleitorais irregulares e aplicou erroneamente recursos de campanha. O valor total das irregularidades é de R$ 9,796,25. 

Entre os atos considerados ilegais pelo TRE, está a omissão de despesa e a utilização de recursos de origem não identificada que a suportou, no valor de R$ 3.436,25. O valor foi gasto para impulsionar 3 publicações na rede social Facebook.

O documento é assinado pela Coordenadora de Contas Eleitorais e Partidárias do TRE, Renata Maria Vieira Coelho, e pela chefe de seção de Contas Eleitorais do tribunal, Vera Lúcia Guerreiro Annes. 

O parecer foi encaminhado pelo secretário de Controle Interno do TRE, Frederyk Chopin Arantes, e será analisado pelo desembargador Paulo Sérgio Brant de Carvalho Galizia, que é vice-presidente do TRE-SP e Corregedor do órgão.

Jaqueline recebeu com surpresa

O IPA Online questionou a prefeita de Sorocaba sobre o parecer. Por meio de nota, Jaqueline Coutinho respondeu que "em que pese ter recebido com surpresa o parecer técnico, informa que sua campanha baseou-se na estrita legalidade e cumprimento das normas eleitorais".

Ainda segundo a prefeita, é "importante esclarecer que ainda se trata de um parecer técnico, portanto, não havendo qualquer julgamento a respeito e que seus advogados deverão se inteirar de todos os detalhes, para apresentar os devidos esclarecimentos junto ao Tribunal Regional Eleitoral visando a aprovação das contas eleitorais para a campanha à deputada estadual em 2018".

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ZF do Brasil anuncia que abrirá vagas para repor demitidos por justa causa

Bolsonaro sobrevoa cidades atingidas por chuvas em MG e anuncia R$ 1 bi para o Sudeste

Secretário de Educação de Sorocaba diz que aulas serão repostas e meta é voltar em junho

Expulso de balada procura polícia para reclamar e acaba preso

Defesa vai pedir exame de sanidade mental de agressor de Jair Bolsonaro

Zona Azul de Sorocaba volta a ser cobrada e pode gerar multas a partir de amanhã