Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Internautas sorocabanos reagem a produtos "escondidos" em supermercados

Foto: Adriana Fratini/colaboração
Postado em: 02/07/2020

Compartilhe esta notícia:

Internautas seguidores da página do Facebook Ipa Online reagiram com diversas opiniões sobre o decreto municipal que isola produtos considerados não essenciais em supermercados e hipermercados. 

 

O decreto passou a vigorar nesta quarta-feira (1) e proíbe de ficarem abertos departamentos como eletroeletrônico entre outros, o que fez com que diversas imagens e memes viralizassem por redes sociais e aplicativos de troca de mensagem.

 

Na página do Ipa Online, não foi diferente e os internautas se manifestaram a respeito do assunto. Veja algumas opiniões:

- "Se chegamos neste ponto é culpa das pessoas sem um pingo de bom senso, lotando ruas, mercados indo com 3 4 da família etc. Os casos sobem, hospitais lotados se o povo não colaborar isso será so o começo", disse um dos internautas.

- "Precisou morrer muitas gente para pensar em fazer o que era para ter feito há meses", alegou outro. 

- "Parece piada. Agora não podemos esquecer que o povo não sabe ter liberdade, estavam indo de bando nos mercados". 

- "Ridícula ditadura. Incompetência da prefeitura. Transfere a responsabilidade para o comércio e o povo", reclama outro seguidor. 

Conforme a prefeitura, a venda de bebidas alcoólicas não está proibida.

- Um dos seguidores do Ipa Online reagiu a essa informação e disse: "vende cachaça, vende cerveja e vende carvão pro churrasco. Eu não consegui comprar uma velinha pra bolo de aniversário de uma criança de seis anos. Não pode vender velinha", alegou ele.

 

A situação também virou meme

1
Foto: Super Bairros

 

e2bad408-6c1e-4159-8f85-4baf8b2ea2fa
Foto: Portal SorocabaniceS

 

Entenda o decreto


Os supermercados e hipermercados de Sorocaba inciaram nessa quarta-feira (1º) a adaptação ao decreto municipal que endureceu as regras da quarentena na cidade, isolando áreas de comercialização de produtos não essenciais. Em nota enviada pela Prefeitura de Sorocaba, a administração municipal disse que a medida foi tomada após uma reunião entre a Secretaria de Segurança Urbana e representantes dos supermercados.


O decreto municipal 25.799, publicado pela Prefeitura de Sorocaba na última sexta-feira, endureceu a regras da quarentena em Sorocaba. Além de determinar o fechamento do comércio de produtos não essenciais, a Prefeitura determinou que estabelecimentos comerciais comercializem apenas os produtos da lista de essenciais.


Ainda segundo a Prefeitura, em respeito aos seus cidadãos e aos empresários do ramo supermercadista local, não foi restringido, em qualquer momento, a comercialização de bebidas de toda natureza em mercados; mercearias; padarias, supermercados ou hipermercados da cidade. 


Durante reunião com a Secretaria de Segurança Urbana, à qual está vinculada a área de Fiscalização Municipal, houve um pedido para que esse setor potencializasse o combate à pandemia do novo coronavírus, se possível, diminuindo a possibilidade de acesso aqueles produtos que não integram a condição essencial, em suas unidades, como eletroeletrônicos.


A Prefeitura encerra a nota afirmando que "compreendendo a parceria que vem sendo desenvolvida com a rede supermercadista em prol da população sorocabana, esses estabelecimentos têm a autonomia de ordenar e organizar suas vendas e atendimento ao público".

 

 

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Bivar é alvo de buscas da PF no caso dos laranjas do PSL, partido de Bolsonaro

Brasil tem 46 mortos e 2.201 casos confirmados de Coronavírus

Secretário de prefeita confirma que não haverá desfile de carnaval ano que vem; veja o vídeo

Iara reclama de ataques na internet: “baixarias e ameaças”

BOA NOTÍCIA - Sorocaba não registra óbitos por novo coronavírus nas últimas 24h; casos chegam a 6.550

Câmara de Sorocaba vota projeto que muda regras de parcelamento de débitos municipais