Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Costureira que caiu da janela da casa de amante morreu de traumatismo craniano

Postado em: 22/08/2018

Compartilhe esta notícia:

Por Cristiane Carvalho

O laudo emitido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Sorocaba apontou que a costureira, Vera Lúcia Moreira de Souza, de 61 anos, morreu em decorrência da queda, sofrendo traumatismo craniano, após cair de uma janela de aproximadamente dois metros de altura da casa do amante.

O laudo, que foi entregue na terça-feira (22) à Polícia Civil, apontou, também, que a idosa teve fraturas na coluna.

De acordo com a delegada titular da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), Ana Luíza Salomone, as oitivas já terminaram. No entanto, as investigações continuam. A delegada aguarda os laudos do local onde a vítima caiu e das imagens da residência, onde ocorreu a morte.

Ainda de acordo com Ana Luíza, ainda não há como confirmar se a morte foi acidental ou criminosa.

Entenda o caso

Vera Lucia Moreira de Sousa estava na casa do empresário Antonio Inácio Ribeiro Filho, de 68 anos, e foi levada ao hospital depois de ter caído de uma janela ao tentar descer usando uma corda feita de lençol, numa residência do Parque Três Meninos, na Zona Leste de Sorocaba.

Em relato à Polícia Militar, Antonio disse que Vera estava passando a noite na casa dele quando a namorada chegou. Para que Vera não fosse vista, eles tiveram a ideia de ela sair do imóvel pela janela e descer com uma corda feita de lençóis. No entanto, durante a descida, ela caiu e bateu a cabeça.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Coronel Aleksander Lacerda é o novo comandante do CPI-7 da PM

Barreiras sanitárias continuam ocorrendo em avenidas de Sorocaba até segunda

Ex-secretário revela esquema de corrupção no governo; Taty Polis receberia R$ 11 mil

Paço deve prorrogar por mais 6 meses o contrato com o BOS à gestão de UPH

Polícia prende 38 pessoas em rinha de cães na Grande SP

Juíza dá cinco dias para Bolsonaro se manifestar sobre celebração do golpe