Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Idosa cai e quebra fêmur em coletivo; filha dispara: “motorista estava correndo”

Postado em: 27/02/2019

Compartilhe esta notícia:

A idosa, de 60 anos, que quebrou o fêmur depois de cair dentro de um ônibus, relata que o motorista estava em alta velocidade. O acidente ocorreu na tarde de domingo (24), dentro do coletivo que fazia a linha Aparecidinha via Castelinho. Odila Berenice da Costa de Barros estava indo para a casa da filha, no bairro Aparecidinha, quando sofreu a queda.

Indignada, a filha da vítima, Noemi Costa Barros, rebate as afirmações da Urbes – Trânsito e Transportes, que alega que o condutor ” se deparou com um ciclista e passou por uma lombada, causando a queda de Odila e de um outro passageiro”.

Ainda segundo o relato da filha, o motorista culpou a idosa pela queda, alegando que ela ‘não estava segurando direito e deveria estar sentada’. “Minha mãe usa o transporte público diariamente e sabe muito bem como se comportar dentro do veículo. Ela estava próximo do ponto do qual ia descer, não foi culpa dela”.

Em nota, a Urbes – Trânsito e Transporte informa que “ao cruzar a rua Quirino Mello/ Benedito de Oliveira, o condutor deparou-se com um ciclista e ao desviar do mesmo foi obrigado a passar por cima de uma elevação que tem no asfalto. Sendo assim, a usuária que se encontrava em pé no coletivo veio a cair e quebrar o fêmur. Foi acionado o SAMU, que fez o devido socorro.

A empresa ressalta, ainda, que houve também outra queda de um senhor que se encontrava sentado no ônibus, porém, o mesmo não se machucou.

Não houve, até o momento, registro de boletim de ocorrência e a empresa “está dando assistência à vítima”. Ainda de acordo com a Urbes, o motorista “trafegava dentro do limite de velocidade permitida para a via”.

Cirurgia

A idosa segue internada na Santa Casa de Sorocaba. Noemi Costa Barros conta que a cirurgia do fêmur da mãe dela foi agendada para tarde desta quarta-feira (27).

A filha conta, também, que, o presidente da unidade de saúde, o padre Flávio Jorge Miguel Filho, esteve no quarto para saber sobre o estado de saúde da idosa e garantiu o bom atendimento à paciente.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Estudantes da rede estadual de ensino terão férias encolhidas em julho

Dono de rede de sorveterias na Zona Norte é preso por liderar PCC e chefiar tráfico

Urbes altera mão de direção de ruas do Centro de Sorocaba

Rádio vai superar a audiência da TV até 2025, revela pesquisa

Festa de 66 Anos do Clube de Campo

Fotos de Crespo para apontar problemas na cidade viralizam na internet