Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Locutor morto pela PM realizava ações sociais e era militante da Unegro

Postado em: 24/12/2018

Compartilhe esta notícia:

Alana Damasceno

O locutor Milton Dinho, morto pela Polícia Militar em Sorocaba, neste domingo (23), após ser confundido com bandido, costumava realizar eventos como forma de ajudar entidades carentes.

O velório do apresentador será realizado na casa onde ele morava com os pais, no Jardim São Lourenzo, e seu sepultamento ocorre nesta terça-feira (25), às 8h30, no Cemitério Memorial Park.

De acordo com pessoas próximas à vítima, Dinho costumava organizar, por exemplo, o festival Hip Hop Solidário, idealizado pela equipe do programa Informasom, da Rádio Cultural FM, que arrecadava alimentos para as entidades da região. O último evento em Sorocaba ocorreu no primeiro semestre do ano. A ação arrecadou alimentos, livros e agasalhos.

Além disso, o apresentador do programa Informasom, da Rádio Comunitária Cultural FM, localizada na Zona Norte de Sorocaba, também era representante da comunidade negra e estava ajudando a organizar no município a Unegro (União dos Negros pela Igualdade).

O Ipa Online conversou com Jorge Sant’Anna, presidente da Unegro. Segundo ele, Milton ocupava o posto de diretor da entidade. Flávia Toledo, jornalista da Cultural, o descreveu como “extrovertido, calmo, e muito ligado a causas sociais”.

Assista um trecho do programa Informasom com Milton Dinho e Saci

A Câmara de Sorocaba chegou a prestar homenagem ao Informasom

O vereador de Sorocaba Renan Santos (PC do B) lamentou a morte do locutor em suas redes sociais: “DINHO: presente”, escreveu, em alusão também à morte da vereadora Marielle Franco, assassinada no Rio de Janeiro.

A Rádio Cultural publicou, no Facebook, uma nota de pesar sobre a morte de seu colaborador

O perfil Ouvinte Sorocaba, atrelado à Rádio Cultural, também prestou as condolências no Facebook

A morte

Milton Expedito do Nascimento, mais conhecido como Milton Dinho, morreu, durante esta tarde de domingo (23). O apresentador foi alvo de assalto e tentou recuperar sua moto roubada. Porém, quando retornava, passou por um comando da Polícia Militar e foi atingido disparos de arma de fogo por supostamente não ter parado durante abordagem.

A redação buscou posicionamento da Polícia Militar em Sorocaba respeito do assunto. A mesma solicitou que a reportagem procurasse a comunicação do Estado para informações sobre o caso. Ainda não houve retorno.

O Ipa Online conversou com o diretor da rádio, José Ferreira. De acordo com ele, Dinho chegou à rádio, neste domingo, em seu horário normal de trabalho para apresentar o programa Informasom, que vai ao ar das 12 às 14 horas. Ele havia estacionado a moto do lado de fora da rádio, que fica dentro de uma igreja, no Parque Laranjeiras.

O diretor informou ao portal que dois suspeitos armados apareceram e levaram dois aparelhos de celular, sendo um de propriedade da rádio e outra de Dinho, além da motocicleta dele e pertences de outros apresentadores. Logo após o assalto, Milton havia acionado a PM para informar que sua moto havia sido roubada, inclusive relatando que os bandidos seriam brancos. O apresentador é negro.

O celular do locutor tinha rastreador e ele então decidiu tentar recuperar sozinho seus pertences que indicavam estar próximo ao Ceu das Artes, também no Laranjeiras. Ainda de acordo com o diretor, ele teria conseguido recuperar os pertences, porém, quando retornava, passou por um patrulhamento da PM, próximo ao Jardim São Conrado, e foi atingido por disparos de arma de fogo.

Familiares da vítima foram ao local e realizaram protesto contra a polícia.

Segundo o apurado pelo portal, a PM estava em patrulhamento quando viu a moto roubada e o piloto sem capacete.

A equipe tentou alcançá-lo, mas ele acelerou o veículo.

Os policiais o perseguiram, quando ele repentinamente parou. Milton teria levado a mão na cintura, quando um dos PMs o atingiu por dois disparos de arma de fogo. Logo após foi constatado que a vítima não estava armada, apenas com seu aparelho de celular.

Ainda no boletim a PM informa que a moto que estava com Milton não estava registrada em seu nome.

Ele, com rastreador, localizou sua moto no bairro Paineiras e, com ajuda de seu irmão, foi até o endereço indicado para recuperá-la. Aguardou próximo a ela por alguns minutos com medo de um dos ladrões aparecer e, como a chave estava na ignição, decidiu levá-la até sua casa. No caminho de volta ocorreu o fato com a PM.

A Polícia Militar ainda afirma que Milton não havia informado sobre a localização da moto assim que conseguiu pegá-la de volta.

Milton foi socorrido pelo Samu e levado até o PA da Zona Norte por volta das 15h12, já sem vida.

Dinho, além de apresentador, fazia parte também da diretoria da rádio, na qual exercia a função de tesoureiro. Ele também trabalhava no Procon.

Seu programa, o Informasom, era voltado ao mundo do Hip Hop e à comunidade negra e chegou a ser premiado.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

O Luiz Nequirito em uma tarde de domingo com as filhas

Câmara de Vereadores já tem votos para cassar Crespo e busca solução

“O Candidato Honesto 2” e “Jovens Titãs” são os principais destaques nos cinemas

Traficantes são presos e polícia desarticula quadrilha que abastecia drogas

Lançamento de projeto

Mega-Sena sorteia nesta quarta prêmio acumulado de R$ 90 milhões