Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Homem morre atropelado após cair nos trilhos da CPTM na estação Barra Funda, em São Paulo

Crédito: Divulgação CPTM
Postado em: 17/01/2020

Compartilhe esta notícia:

FOLHAPRESS

 O chapa Denilson Lima dos Santos, 46 anos, morreu após cair no vão entre o trem a plataforma, nesta quarta-feira (15), na estação Barra Funda da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). 

Conforme o Boletim de Ocorrência, a vítima ficou pendurada no estribo até cair no vão da linha 8-diamante. Ele teve a perna direita amputada pelas rodas da composição e um ferimento na cabeça.

Testemunhas dizem que o trem, que vinha da estação Júlio Prestes, não estava com todas as composições rentes à plataforma. Alguns usuários se aproximaram das portas, que não foram abertas, e o trem andou mais alguns metros para se adequar a via. Neste instante, a vítima teria se segurado no estribo e caído.

O operador de produção Fabio Silva, 37, disse que a plataforma estava cheia. "Muitas pessoas bateram nas portas e gritaram para o maquinista parar", relata.

Morador de Itapevi (Grande São Paulo), Denilson Lima dos Santos tinha almoçado na casa do pai, o motorista Elídio José dos Santos, 79, no Piqueri (zona oeste), antes da ocorrência, registrada às 14h34.  "Esta história está mal contada", diz ele que considera o episódio um "acidente brutal". A família vai cobrar explicações da CPTM. 

Delegado titular da Delpom (Delegacia de Polícia do Metropolitano), onde o caso foi registrado, Marcelo Augusto Gondim Monteiro pediu imagens das câmeras de segurança da estação para apurar as possíveis responsabilidades. Um inquérito de morte suspeita foi aberto. Ainda não se sabe, por exemplo, se Santos foi empurrado ou caiu ao se desequilibrar. 

A vítima foi enterrada, nesta quinta-feira (16), no Cemitério do Parque Jaraguá (zona norte) e deixa dois filhos, um de 19 anos e o outro de 10 anos.

Mal súbito

A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) diz que fará uma investigação interna para apurar as circunstâncias do acidente que matou Denilson Lima dos Santos.

A companhia alega que "informações preliminares davam conta de um possível mal súbito" teriam feito o passageiro cair nos trilhos, mas as imagens de segurança não mostram tal movimento dentro da estação.
"O trem parou na plataforma e permaneceu parado com as portas fechadas por alguns instantes, deslocando-se em seguida por alguns metros em ajuste de posição na plataforma. Durante este percurso, uma pessoa aparece em movimento em cima do estribo, sempre com a composição de portas fechadas", consta na nota. 

A família também contesta a hipótese. "Almocei com meu filho, ele era forte e estava ótimo", diz o pai. 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Região do Wanel Ville recebe força-tarefa em combate aos escorpiões na 2ª feira

Depois de família Bolsonaro, Twitter apaga postagens de Silas Malafaia

Mulher é estuprada e tem casa roubada na Zona Norte de Sorocaba

Casos de dengue em Sorocaba sobem para 631; doença está mais concentrada na ZN

Uip diz que pico de Covid-19 em SP será em maio, mas não sabe se quarentena seguirá até lá

Sistema de bilhetes falha e causa atrasos e filas nos terminais de Sorocaba