Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Guarda Civil Municipal recebe quatro novas SUV para Romu; aluguel será de R$ 40 mil mensais

Agência Sorocaba
Postado em: 30/09/2020

Compartilhe esta notícia:

A Guarda Civil Municipal (GCM) passa a contar, nesta semana, com quatro novas viaturas. Os veículos Toyota Hilux SW4, modelo 2020, foram adaptados para o trabalho dos agentes de segurança do serviço de Ronda Ostensiva Municipal (Romu) e estarão na rua atuando para o bem estar da população.

A Romu passa a contar, agora, com carros mais potentes nas ações de patrulhamentos de rotina e em grandes operações em todas as regiões da cidade, como os pancadões. Visando a operacionalização policial e de segurança, a Guarda Civil Municipal projetou essas adaptações para o modelo de veículo (SUV) que é mais indicado para a área de segurança, contando com espaço para três a quatro pessoas, compartimento de presos e demais funcionalidades para as ações da Romu.

As novas viaturas foram alugadas a um custo de R$ 40.833,32 mensais por um período de dois anos. Os veículos foram adaptados pela Flash Engenharia, responsável por sinalização audiovisual e radiocomunicação, recebendo sinalização acústica e visual com sinalizador do modelo Ares, adaptações internas como porta-armas e externas como quebra-mato, além do grafismo adesivado. Uma das viaturas contará com um canil removível destinado aos cães do Canil da Guarda Civil Municipal que atuam no trabalho cotidiano da corporação. O layout das viaturas segue o padrão que a GCM usa em sua frota.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Polícia Militar recebe novas viaturas para patrulhamento em Sorocaba

Homem acusa médico e funcionários da UPH da Zona Norte de agressão; prefeitura investiga

Nota Fiscal Paulista libera mais R$ 13,3 milhões em créditos hoje

Jaqueline não divulga plano de reabertura do comércio: `Estamos fazendo um estudo da nossa realidade´

Após surto, São Bento escalou até atletas com sintomas de Covid-19, diz goleiro que atuou na linha

Justiça derruba flexibilização da quarentena em Sorocaba; MP dispara: "medida irresponsável"