Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Guarda Civil Municipal deteve neste ano 29 pessoas por crimes contra o patrimônio público

Postado em: 17/10/2018

Compartilhe esta notícia:

A Guarda Civil Municipal (GCM) anunciou que tem intensificado o trabalho de proteção aos prédios municipais da cidade frequentemente alvos de vandalismo, danos e furtos. Um balanço das ocorrências de 2018 mostra que 29 pessoas foram detidas de janeiro até a segunda quinzena de outubro, por estes tipos de crimes. Entre eles, estão os dois flagrantes ocorridos no fim de semana prolongado, com o feriado de 12 de outubro.

Uma das ocorrências foi um furto na unidade CEI-89, localizado no Jardim Marcelo Augusto (Zona Norte), na madrugada de sábado (13), que acabou com duas pessoas detidas e o segundo foi na madrugada de segunda-feira (15), em uma ocorrência de um flagrante, de uma tentativa de furto, no Centro Esportivo da Vila Angélica (Zona Norte). Outra ação positiva da GCM foi registrada em um dos Parques da cidade. No começo do mês, uma equipe da Romu (Ronda Ostensiva Municipal, deteve um adolescente de 16 anos depois que ele roubou uma bicicleta no Parque das Águas.

O número de patrulhamentos em prédios, que ocorreram neste mesmo tempo, até a primeira quinzena de outubro, chega a 22.710. O combate cada vez mais eficaz no atendimento destas ocorrências, se deve a um planejamento estratégico dos principais locais onde estes crimes são mais frequentes, a chamada mancha criminal que é elaborada por meio de estudos das ocorrências.

“Através desse estudo é traçado uma logística operacional para direcionamento do patrulhamento das viaturas em locais e principalmente prédios públicos municipais e isso resulta em mais agilidade nos atendimentos”, conta o secretário de Segurança e Defesa Civil, Jeferson Gonzaga.

O COI – Centro de Operações e Inteligência é o setor responsável por monitorar as demandas via 153, Monitoramento Urbano, Muralha Eletrônica e o Botão do Pânico. A Guarda Civil Municipal realiza diariamente o patrulhamento de espaços públicos e prédios municipais e conta com ajuda da população. Por isso, em qualquer atitude suspeita, as pessoas devem imediatamente ligar para o telefone 153. Não é necessário se identificar.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Ministério estuda sugerir que escolas adiantem férias por coronavírus

Após 12 horas, Bolsonaro cancela recontratação de amigo de seus filhos que usou voo da FAB

Banco Central estuda permitir saque de dinheiro em comércios

Se está sendo criticado, é sinal de que é a pessoa adequada, diz Bolsonaro sobre Eduardo

Crespo: retorno das unidades do Sabe Tudo trará “mais segurança” à comunidade

Dupla usa faca de açougueiro para assaltar na região central, mas acaba presa pela PM