Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Gestão compartilhada inicia nas Unidades Pré-Hospitalares Oeste e Norte nesta 3ª

Postado em: 04/02/2019

Compartilhe esta notícia:

A partir desta terça-feira (5) a gestão compartilhada na Saúde iniciará nas Unidades Pré-Hospitalares Oeste e Norte. As duas unidades oferecerão consultas médicas para adultos e crianças, além do atendimento odontológico de urgência. Haverá uma ampliação de no mínimo mais 210 mil atendimentos aos cidadãos. Funcionários concursados que atuam nestas unidades serão remanejados para as 32 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) para que o projeto de fortalecimento da Rede de Atenção Básica seja concluído.

O prefeito José Crespo esteve nesta última quarta-feira (30) na Unidade Pré-Hospitalar Zona Norte para fiscalizar as primeiras melhorias realizadas na transição da gestão compartilhada na Saúde. Acompanhado da secretária de Saúde, Dra. Marina Elaine Pereira, e de representantes do Instituto Diretrizes (Organização Social que será responsável pela total gestão das UPHs Norte e Oeste), Crespo andou por toda unidade.

Durante a visita o prefeito constatou a realização de pintura externa e interna com o objetivo de melhorar a estética e dar claridade ao local. Mobiliários que estavam quebrados foram reformados. De acordo com o Instituto Diretrizes, lâmpadas de led serão colocadas dentro e fora da estrutura predial, o refeitório será reformado, paredes terão imagens lúdicas envelopadas, além da implantação de um serviço humanizado que integra sistema de chamada e identificação de pacientes com pulseiras e TVs pela unidade. Já na UPH Zona Oeste, será feita a divisão de entrada de pacientes adulto e infantil, pintura, envelopamento de paredes. As duas unidades terão porteiros 24 horas.

“A população merece essas melhorias. A partir do dia 5 de fevereiro, as UPHs Norte e Oeste terão o atendimento médico adulto e infantil, além do atendimento odontológico de urgência”, ressalta o prefeito José Crespo. Para a secretária da Saúde, além das melhorias nas UPHs, as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) também serão fortalecidas. “Profissionais concursados dessas duas unidades de urgência e emergência serão remanejados para as 32 UBSs, o que trará mais médicos e diminuirá as filas de espera por consultas na Atenção Básica”, explica Dra. Marina.

Gestão compartilhada na Saúde terá uma economia de mais de R$ 24 milhões

A Prefeitura ressalta que a escolha pela gestão compartilhada para gerir as UPHs Norte e Oeste é melhor porque oferecerá um quadro ampliado de funcionários com custo anual de R$ 63.219.852,00 para as duas unidades, ou seja, R$ 2.634.160,50 por mês para cada unidade. Isso significa uma economia de R$ 24.780.148,00 em comparação à ampliação feita através de funcionários concursados. Seriam gastos R$ 88 milhões por ano se o Poder Executivo fizesse essa escolha, mas isto já está demonstrado que é inviável, pois os gastos com pessoal na Prefeitura de Sorocaba tendem a ultrapassar o limite de alerta, previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal. A gestão compartilhada visa evitar exatamente essa elevação de custos.

A UPH Zona Norte oferecerá no mínimo 66 mil atendimentos pediátricos e 156 mil atendimentos adultos por ano. A UPH Zona Oeste oferecerá no mínimo 78 mil atendimentos pediátricos e 144 mil atendimentos adultos por ano. Atualmente, a unidade Zona Norte não oferece atendimentos pediátricos e a unidade Oeste não oferece atendimentos adultos. Ou seja, Sorocaba terá no mínimo mais 210 mil atendimentos à população.

Remanejamento de profissionais e fortalecimento do atendimento nas UBSs

De acordo com o Poder Executivo, profissionais concursados dessas duas unidades de urgência e emergência serão remanejados para as 32 Unidades Básicas de Saúde (UBSs), o que trará mais médicos e diminuirá as filas de espera por consultas na Atenção Básica.

Compromisso com a população e a volta do atendimento adulto e pediátrico nas UPHs

Com o início da gestão compartilhada na Saúde, o prefeito José Crespo atende o compromisso da atual administração municipal com a população, marcando a volta do atendimento pediátrico na UPH Zona Norte e a volta do atendimento adulto na UPH Zona Oeste.

A dona de casa de 65 anos, Sueli Matos, que mora no bairro Júlio de Mesquita Filho, aprova a medida da atual gestão com a volta do atendimento médico para adultos na UPH Zona Oeste. “Atualmente, procuro a unidade da zona leste, pois é o local mais próximo para conseguir atendimento. Aqui sou muito bem atendida, mas ficarei mais satisfeita em poder ser atendida mais perto da minha casa”, relata.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Polícia Civil prende homem em desmanche ilegal em Sorocaba

Empresa cobra por shows que Chorão não fez por ter morrido

Cinebiografia de serial killer e comédia com Anne Hathaway estreiam nos cinemas

Natal em cores Gpaci

Luan Santana diz que ‘Juntos e Shalow Now’ de Paula Fernandes ‘soou meio brega’

Tabata contratou namorado por R$ 23 mil para atuar em estratégia de campanha