Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

"Gerentes" do tráfico são presos na Zona Oeste de Sorocaba

Foto: divulgação/GCM
Postado em: 14/04/2020

Compartilhe esta notícia:

 

A Guarda Civil Municipal de Sorocaba prendeu, nesta segunda-feira (13), dois criminosos considerados "gerentes" do tráfico. As prisões ocorreram na Zona Oeste da cidade. Um dos detidos, inclusive, tentou subornar os policiais com R$ 14 mil para não ir para a cadeia.

Segundo a ocorrência, a Ronda Ostensiva Municipal (ROMU) patrulhava pela avenida Adão Pereira de Camargo quando deteve dois homens flagrados com drogas em um carro.


O fato ocorreu na avenida, após a equipe se deparar com dois veículos, um Peugeot/207 prata e um VW/Logus azul. Ambos os carros possuíam denúncia de pertencer a indivíduos responsáveis pela distribuição de drogas em um conjunto de prédios no bairro Júlio de Mesquita Filho.

A GCM seguiu os veículos, até que os condutores, em atitude suspeita, notaram que estavam sendo acompanhados e entraram em uma borracharia, onde foram abordados.  


Em busca pessoal, nada de ilícito foi localizado, apenas a quantia de R$ 156 com um suspeito de 20 anos. Já durante abordagem a seu veículo Peugeot, foi localizada uma sacola plástica contendo 140 porções de maconha e três porções a granel de maconha; e no veículo Logus, conduzido por um jovem de 18 anos, havia uma sacola plástica contendo 189 microtubos de cocaína.

 
Questionados, os dois jovens admitiram realizar o gerenciamento do tráfico de drogas nos prédios do Bairro Júlio de Mesquita Filho (CDHU) para um criminoso que se encontra preso.


Desta forma, ao perceber que seria conduzido para delegacia, o rapaz de 20 anos ofereceu a quantia de R$ 14 mil para os agentes municipais para não ser preso, dinheiro esse que estaria em posse de seu irmão que reside na cidade de São Paulo. 


Diante dos fatos, os abordados foram conduzidos ao Plantão Policial Norte, onde a autoridade de plantão elaborou o registro de ocorrência de tráfico de drogas, e corrupção ativa para o jovem que ofereceu tal vantagem indevida aos agentes públicos, ficando ambos à disposição da Justiça.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Bolsonaro diz que vetará auxílio emergencial extra de R$ 600

Prefeito José Crespo recebe empresários israelenses em seu gabinete

Justiça proíbe INSS de punir médicos que não retornaram

Crespo não quer Zuliani no Paço, mas o mantém afastado ganhando R$ 18 mil

1º Congresso de Empreendedorismo acontece no próximo dia 18

Feiras livres passam a contar com banheiros químicos