Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

GCM prende homem com mais de 4 mil porções de drogas atrás de igreja

Postado em: 03/07/2019

Compartilhe esta notícia:

Um homem foi preso por tráfico de drogas ao ser flagrado com diversas porções de entorpecentes atrás de uma igreja no bairro Jardim Itapemirim, por volta das 21 horas desta terça-feira (2). A prisão foi feita pela Guarda Civil Municipal (GCM) com auxílio da Ronda Ostensiva Municipal (ROMU).

Durante patrulhamento pelo bairro a ROMU recebeu uma denúncia de que um homem estava manipulando drogas em um imóvel atrás de uma Igreja.

Ao chegar no local, os guardas entraram no local e viram o homem saindo de um cômodo com uma bolsa. Em seguida o traficante correu para os fundos do imóvel e, no momento da fuga, subiu no telhado que acabou não suportando o peso e derrubou o rapaz.

O detido, M.S.V.M, tem 30 anos. Na bolsa que ele carregava foram encontradas 350 porções de cocaína e 386 de maconha.

Em um dos cômodos foram encontradas mais 833 porções de maconha, 2.492 de cocaína, um caderno de anotações da movimentação do tráfico e grande quantidade de material usado para embalar drogas.

Segundo a GCM foram apreendidas 4.061 porções de drogas. O detido assumiu o tráfico e que havia alugado o imóvel com o intuito de manipular e armazenar as drogas. Ele ainda disse que distribuía as porções em alguns pontos de venda do bairro Nova Esperança.

Diante dos fatos, o homem foi encaminhado ao Plantão Policial Norte. Ele foi autuado pelo crime de tráfico de drogas e em seguida encaminhado ao Centro de Detenção Provisória.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Inscrições para as oficinas culturais on-line de agosto acabam nesta segunda

Porta do Enem tem de abraço voluntário a cerveja para rir de atrasados

Fotos mostram local em que advogada foi encontrada após ter sido violentada

Chef Kátia Baiana morre afogada após acidente de barco no litoral paulista

Chuva em Sorocaba deve continuar pelas próximas duas semanas, segundo previsão do tempo

Resultado das matrículas para escolas da rede estadual já pode ser consultado