Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Fiscalização visita 8 bairros e fecha 5 comércios em desacordo com decreto da quarentena

Agência Sorocaba
Postado em: 22/07/2020

Compartilhe esta notícia:

O trabalho das equipes de fiscalização da Secretaria de Segurança Urbana (Sesu), da Prefeitura de Sorocaba, nesta quarta-feira (22), percorreu 8 bairros da cidade. As ações visam ao cumprimento do decreto municipal que definiu a reabertura do comércio local dentro da Fase Laranja do Plano São Paulo de reestabelecimento da economia no estado.

A Fiscalização acontece para que a retomada econômica aconteça de forma responsável, evitando-se, ao máximo, a proliferação do novo coronavírus. Desta vez, apenas 5 estabelecimentos estavam em desacordo e foram obrigados a fechar.

Os fiscais estiveram nos comércios e prestadores de serviço no Centro; no Jardim São Conrado; na Vila Olímpia; no Jardim Itanguá; no Pq. São Bento; no Paineiras e na Vila Aeroporto. Além da averiguação do horário de funcionamento, os fiscais orientam sobre o uso obrigatório das máscaras faciais, sobre a obrigatoriedade da disponibilidade de álcool em gel 70% e sobre o distanciamento social, evitando-se desta forma, aglomerações de pessoas.

Desde a liberação do Plano São Paulo os estabelecimentos comerciais não essenciais podem funcionar com restrições. O comércio de rua e galerias com serviços não essenciais podem funcionar das 9h às 13h. As concessionárias e lojas de comércio de veículos também deverão seguir o mesmo horário, enquanto que prestadores de serviços podem atuar das 14h às 18h.

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Crianças se divertem na Biblioteca Infantil com receita de ‘pão de beijo’

Bandidos invadem CEI do Júlio de Mesquita e destroem até enfeites de Natal

Criminoso queria repetir sequestro do 174 e entrar para a história, dizem passageiros

GCM detém homem com drogas em frente a escola do Parque São Bento

Corpo de GCM morto na Zona Norte de Sorocaba será enterrado nesta segunda-feira (3)

Durante visita de ministro, prefeita pede 30 respiradores para Sorocaba