Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Fiscalização fecha “balada” no Caguaçu por não respeitar decreto

Foto: GCM/Divulgação
Postado em: 30/03/2020

Compartilhe esta notícia:

A Fiscalização da Secretaria de Segurança Urbana (Sesu), com o auxílio da Guarda Civil Municipal (GCM), fechou na noite de sábado (28), um estabelecimento comercial no bairro Gaguaçu por não respeitar o decreto 25.663, instituindo o estado de calamidade pública no município, com uma série de ações de enfrentamento do avanço do novo coronavírus, em Sorocaba.

A fiscalização orientou os frequentadores, a maioria jovens, a irem para casa. O organizador do evento foi notificado por não possuir inscrição municipal para o funcionamento da atividade e por descumprir o decreto 25.663, de 21 de março de 2020, que suspende as atividades comerciais enquanto durar o estado de emergência. Conforme o decreto, está suspenso o funcionamento de estabelecimentos que explorem a atividade de bar, cinemas, teatros, casas de espetáculos, shows, boates, salões de festas, clubes, academias e outros estabelecimentos que aglomerem grande número de pessoas.

Qualquer cidadão pode denunciar os comerciantes que não estejam cumprindo o que está previsto no decreto. As denúncias podem ser feitas pelos canais de ouvidoria http://www.sorocaba.sp.gov.br/atendimento/, via whatsapp (15) 99129-2426 e pelo telefone 156, número da Guarda 153 e Defesa Civil 199.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Campanha do Agasalho tem mais de 50 pontos de coleta de doação

Paratleta campeão da maratona de Nova York treina diariamente na Raposo Tavares

Flexibilização do comércio em SP deve ocorrer a partir de 11 de maio, diz Flávio Amary

Brasil adere a aliança para aceleração da vacina contra a covid-19

Motorista de app aceita chamada para corrida e é assaltado em Votorantim

Festa Junina Beneficente de Votorantim divulga atrações de 2019