Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

“Exploração de cães era grau máximo”, diz presidente de Comissão dos Animais

Postado em: 15/02/2019

Compartilhe esta notícia:

A advogada presidente da Comissão de Defesa dos Animais da OAB Sorocaba, Jussara Fernandes, concedeu entrevista no Jornal da Ipanema, da Rádio Ipanema, nesta manhã de sexta-feira (15), para falar sobre o estouro do canil clandestino flagrado em Piedade, no qual foram encontrados 1,5 mil cães utilizados para reprodução.

De acordo com a advogada, a exploração dos animais funcionava em ‘grau máximo’. “A produção funcionava em grande escala. Era um centro de distribuição. Um cio atrás do outro”, declarou. Para a presidente, o local parecia um “campo de concentração de animais”.

width=1280
Advogada e presidente da Comissão de Defesa dos Animais da OAB, Jussara Fernandes / Foto: Alana Damasceno
width=1280
Presidente da Comissão de Defesa dos Animais da OAB, Jussara Fernandes, nos estúdios da Rádio Ipanema / Foto: Alana Damasceno

Para Sorocaba foram encaminhados 46 filhotes e, segundo ela, há uma grande procura de interessados em adotá-los. Porém, ela considera que isto é tanto positivo, quanto negativo. “Os canis municipais estão abarrotados aguardando família”, lamenta.

O Instituto Luisa Mell, conhecido por trabalhar em casos de defesa de animais, deve receber a maior parte dos cães que sofreram maus-tratos no local.

De acordo com Luisa, ativista, este é o maior caso de resgate de cães da história no mundo.

Assista a visita da Luisa Mell no canil clandestino 

ATENÇÃO: IMAGENS FORTES

O caso

A Polícia Ambiental investiga maus-tratos a cachorros num canil de Piedade. No local, foram encontrados cerca de mil animais, medicamentos vencidos, utilizados de maneira inadequada nos cachorros.

O canil está localizado no bairro Goiabas, a equipe chegou ao local após denúncia anônima. Lá, encontraram os cachorros, a maioria das raças bulldog, shitzu e spitz, em situação de maus-tratos. A área onde os animais ficavam estava em condições precárias e o estabelecimento contava inclusive com um forno de incineração.

width=772

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Câmara vota cancelamento do aumento na tarifa de ônibus; Sessão terá 15 projetos

Estado de São Paulo proíbe fornecimento de canudo de plástico

Blitz da ‘Lei Seca’ autua 15 motoristas em Votorantim

Possíveis candidatos à Prefeitura, Dini e Manga rejeitam ligação com Crespo; vídeo

Bolsonaro: críticos de seu plano de governo à Presidência da República são analfabetos

Câmara discute projeto que tenta regulamentar aplicativos de transporte