Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

“Estamos à beira de um colapso”, alega Dini sobre situação financeira da prefeitura

Postado em: 11/09/2019

Compartilhe esta notícia:

O presidente da Câmara de Sorocaba, Fernando Dini (MDB), informou que a situação orçamentária de recursos públicos de Sorocaba está “à beira de um colapso”. “Estamos tendo dias tenebrosos, mas estamos trabalhando para que Sorocaba saia dessa situação”, disse, ao vivo, durante entrevista ao Jornal da Ipanema da Rádio Ipanema, durante a manhã desta quarta-feira (11).

“Acabou o dinheiro… Vamos ser um pouco mais prudentes: o dinheiro está escasso, contado”, relatou. “Precisamos ter a consciência de que não podemos errar.
Estamos à beira de um colapso na cidade”, completou o parlamentar. “Vamos nos empenhar para que essa situação seja sanada o quanto antes”.

Assista

Sobre a prefeita Jaqueline Coutinho (PDT), o presidente da Casa Legislativa disse ter boa relação com ela, e ainda afirmou que a chefe do Executivo não sabia da gravidade da situação. “Ela não participava do governo. Não tinha conhecimento dos problemas”.

Dini informou ter sido procurado por gestores de unidades de saúde de Sorocaba a respeito da falta de repasse promovida pela prefeitura, entre eles, representantes da Irmandade Santa Casa Misericórdia de Sorocaba, Santa Lucinda, Gpaci e UPH Zona Leste. “Parte dos pagamentos, não na integralidade, foram depositados nesta terça em alguns hospitais”, revelou ele. “Mas a prefeitura está trabalhando para que não se torne real esse estado caótico”.

Já sobre a questão da escassez orçamentária, o vereador defendeu que “esse erro operacional não acontece da noite pro dia. É uma situação que já vinha se arrastando por meses, às vezes por anos”. Questionado se o prefeito cassado José Crespo (DEM) teria sido o causador, Dini nega que esteja referindo-se ao democrata.

Prefeitura já havia divulgado falta de recursos

No dia 5 de setembro, a prefeita Jaqueline Coutinho já havia revelado, durante coletiva a jornalistas, a preocupação sobre as ações para a retomada do equilíbrio da situação financeira da Prefeitura. O déficit atual está estimado em R$ 95 milhões. A chefe do Executivo reafirmou o compromisso de seu governo com a transparência, moralidade administrativa e com a recuperação econômica do município. A apresentação do balanço e a entrevista da prefeita foram acompanhados pelos secretários municipais.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Tribunal de Justiça autoriza Polícia Civil a realizar diligências em investigação contra José Crespo

Cumbica enfrenta terceiro dia consecutivo de atrasos em São Paulo

Neto de Lula de 7 anos morre de meningite, e ex-presidente pede para ir ao velório

Cirurgia de pálpebra está entre as mais realizadas no País

Região da rodoviária deverá ganhar mais vagas para desembarque de passageiros

Bolsonaro diz que Ministério da Infraestrutura vai ampliar validade da CNH