Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Escolas municipais não dispensam alunos em dia de Greve Nacional

Postado em: 15/05/2019

Compartilhe esta notícia:

Os professores de Sorocaba devem aderir, a partir das 9 horas desta quarta-feira (15), à Greve Nacional, que se manifestará contra pautas do Governo do presidente Jair Bolsonaro. Com isso, a categoria paralisará as aulas previstas.

Conforme os organizadores, nesse dia haverá paralisação dos professores da rede estadual em todo o Estado de São Paulo, inclusive Sorocaba e região. Professores municipais também devem paralisar as atividades. Segundo a Secretaria de Educação, caso a categoria do município participe ocasionando a suspensão da aula, terá de repor o dia letivo.

width=928
Estudantes de escolas estaduais ocupam avenida General Carneiro em passeata sentido Centro

Ato na praça central

O ato começará às 9 horas, na praça Coronel Fernando Prestes, no Centro de Sorocaba. Em um evento criado no Facebook, até às 7h30 desta quarta-feira (15), havia a confirmação de 1,2 mil pessoas. A Apeoesp Sorocaba (Sindicato dos Professores do Estado de São Paulo), informou que participará da manifestação.

width=1032
Estudantes começam a chegar na praça Coronel Fernando Prestes

Sindicato dos Servidores Municipais

Segundo o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Sorocaba (SSPMS), Salatiel Hergesel, os servidores municipais também foram chamados para aderir à paralisação. “Ou você para e fica do lado da classe trabalhadora, ou você continua trabalhando achando que do jeito que está caminhando a educação no Brasil, está boa”, disse em vídeo divulgado na página oficial do sindicato no Facebook.

Secretaria de Educação de Sorocaba

A Secretaria de Educação de Sorocaba informou, nesta manhã de quarta, que “respeita toda manifestação democrática e o direito a paralisações garantidas por lei.
No entanto, em respeito aos estudantes e suas famílias, está mobilizada para que as unidades mantenham o número mínimo de funcionários necessários para garantir o atendimento aos alunos. A Sedu mandou e-mails para as unidades ontem e pela devolutiva é uma minoria que vai aderir”.

O dia 15 de maio, conforme programação, será “um dia nacional de lutas em defesa da educação pública, convocado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e que contará com atos em diversas cidades do país, além de Sorocaba”.

Outras entidades que devem participar do ato são SINPRO, ASPAMS, SINTUFSCar, DCE Livre UFSCar e a AFUSE.

Pauta do ato:

Contra a Reforma da Previdência
Contra os cortes de verbas da educação
Contra os projetos autoritários na educação – pela liberdade de
ensinar.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Prefeitura convoca candidatos de Concurso Público para preencher 25 vagas

Em cinco meses, investimentos anunciados por empresas chegam a R$ 1,230 bi e devem gerar mais de 6 mil empregos

Cirurgia de pálpebra está entre as mais realizadas no País

Com onda de calor, Tietê pinta calçada de azul para reduzir sensação térmica

Avenida São Paulo ganhará nova rotatória e semáforo, informa Urbes

Combate à corrupção no país está sob ataque dos três Poderes, diz Deltan