Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Empregador poderá adiar FGTS de trabalhador doméstico durante crise do coronavírus

Agência Brasil
Postado em: 31/03/2020

Compartilhe esta notícia:

Bernardo Caram, Folhapress

A medida anunciada pelo governo para permitir que seja adiado o recolhimento de FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) durante a pandemia do novo coronavírus valerá para todas as categorias, inclusive trabalhadores domésticos.

A Caixa Econômica Federal publicou nesta terça-feira (31) uma circular com procedimentos para que os empregadores optem pelo adiamento dos valores com vencimento em abril, maio e junho.

Após o período, essas obrigações poderão ser quitadas em seis parcelas iguais, entre julho e dezembro deste ano.

No pacote de ações para combater os efeitos da pandemia, o governo publicou uma MP (Medida Provisória) na última semana que incluiu o adiamento do FGTS.

De acordo com a Caixa, essa prerrogativa poderá ser usada por todos os empregadores, inclusive o empregador doméstico. Eles continuarão obrigados a declarar informações até o dia 7 de cada mês por meio dos sistemas Conectividade Social e o eSocial.

Para o empregador doméstico, é mantida a exigência de emitir a guia de recolhimento do documento de arrecadação do eSocial, mas fica dispensada sua impressão e quitação.

Se houver rescisão de contrato, o empregador será obrigado a recolher os valores não pagos durante o período de suspensão.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Ibama vê falha no salvamento de animais e aplica nova multa à Vale

Motociclista morre e outros dois ficam feridos em acidentes ocorridos nesta sexta

Sorocaba tem novo fluxo de atendimento a pessoas com problemas respiratórios; UPH Zona Leste vira referência

Em documento, Vale avalia que barragem pode romper nos próximos dias em MG

Teste com anticorpos em desenvolvimento promete resultados rápidos no diagnóstico da Covid-19

Unimed Sorocaba completa 48 anos com ampliações importantes e solidificação como centro transplantador