Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Eduardo Galvão, 58, morre vítima da Covid-19 em hospital no Rio

Foto: Divulgação/Lucas Teixeira/RT Fotografia
Postado em: 08/12/2020

Compartilhe esta notícia:

Cristina Camargo, FOLHAPRESS


O ator Eduardo Galvão, 58, morreu na noite desta segunda-feira (7) vítima da Covid-19. Ele estava internado no Hospital Unimed, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, e não resistiu a complicações causadas pela doença.


Em uma carreira de três décadas, Galvão fez novelas, séries, programas de TV, cinema e teatro. A última participação na Globo foi na novela "Bom Sucesso", de 2019.


Era formado pela CAL (Casa das Artes de Laranjeiras), no Rio, onde desde jovem ficou conhecido pelo jeito divertido.


Galvão estreou na televisão como o Régis de "O Salvador da Pátria" (1989), na Globo. Na emissora, participou de novelas como "Araponga" (1990), "A Viagem (1994), "Porto dos Milagres" (2001), "O Beijo do Vampiro" (2002), "Paraíso Tropical" (2007) e "Insensato Coração" (2011).


Na série "Um menino muito maluquinho", da TV Brasil, foi o pai do personagem principal.


Em 1996, o ator interpretou Arthur o dono da agência Caça Talentos no seriado de mesmo nome. Ele e a Fada Bela, personagem de Angélica, viviam uma paixão platônica.


Na madrugada desta terça (8), a apresentadora despediu-se do antigo companheiro de cena.


"Precisamos tanto da sua leveza, alegria, liberdade e carinho nesse mundo!", disse Angélica. "Era sempre tão bom te encontrar, você foi um presente lindo que a Fada Bela me deu".


Vários outros artistas lamentaram a morte de Galvão nas redes sociais.


"Desarvorada. Emudecida. Sem chão", escreveu a roteirista e comediante Dadá Coelho. "Que tristeza, que lástima! Jovem, saudável... E nos deixou", lamentou o youtuber Felipe Neto.

 

"Estou chocada com a sua partida", afirmou a atriz Leona Cavalli.


O diretor Boninho, da Globo, definiu Galvão como "uma doce e divertida pessoa", além de um ator talentoso e divertido.


"Para muitos é só uma gripe, para quem perde parceiros é uma peste grave. Eu sigo com medo e com todos os cuidados. Covid mata sim", escreveu no Instagram.


Outros artistas, como Nicette Bruno e Genival Lacerda, também estão internados com Covid-19.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Câmara de São Roque fecha após servidor testar positivo para covid-19

Cirurgia para retirada de bolsa de colostomia de Bolsonaro é iniciada em SP

Sertanejo mineiro Victor Chaves é condenado a pagar R$ 20 mil à ex-mulher grávida após agressão

Petrobras reforça abastecimento de gás de cozinha em todo o país

Irmão afirma que Sara Winter não pode viver em sociedade e se diz feliz com prisão

Após agredir companheira, homem recusa se entregar à PM e prende filhas em casa