Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

‘É isso que vocês estão querendo para o Brasil?’, diz Bolsonaro sobre Biden

Jovem Pan News
Postado em: 04/11/2020

Compartilhe esta notícia:

Jovem Pan News

O presidente Jair Bolsonaro voltou a comentar a eleição americana na manhã desta quarta-feira, 4. Para apoiadores, na saída do Palácio da Alvorada, Bolsonaro reafirmou sua torcida para o republicano Donald Trump, negou interferência e criticou Joe Biden. “É isso que vocês tão querendo para o Brasil?”, perguntou o presidente, em referência ao democrata. Em entrevista à revista “Americas Quarterly” na terça, 3, Biden afirmou que Bolsonaro deveria saber que, se o Brasil deixar de ser o guardião da floresta amazônica, o seu governo, caso eleito, “reunirá o mundo para garantir que o meio ambiente seja protegido”. Ele também se referiu ao Brasil em seu primeiro discurso contra Trump ao prometer se unir a outros países para criar um pacote de 20 bilhões de dólares para evitar o desmatamento na Amazônia, além de sugerir “consequências econômicas” caso o Brasil não cumpra metas de preservação.

O presidente Bolsonaro aproveitou a pergunta de um apoiador para criticar veículos jornalísticos e zombar das afirmações sobre possível interferência sua nas eleições americanas.”Quer como? Econômica, bélica, militar ou cibernética?”, disse sobre interferência. “Quem fala isso, quem escreve isso, tem que deixar os banquinhos escolares e ver como que é a realidade. Preferência acho que todo mundo tem, e não vou discutir com ninguém”, afirmou. Em seguida, ele declarou seu apoio a Donald Trump mais uma vez. “Vocês sabem a minha posição. É clara, isso não é interferência. Tenho uma boa política com o Trump, espero que ele seja reeleito”, declarou. “E o Brasil vai continuar sendo o Brasil, sem interferir em nada, até porque quem somos nós para interferir?”, questionou. Depois, Bolsonaro voltou para completar a sua resposta. “O candidato democrata, em duas oportunidades, falou sobre a Amazônia. É isso que vocês tão querendo para o Brasil? Aí sim uma interferência de fora pra dentro”. Durante o início da tarde desta quarta, o democrata liderava a corrida com 238 votos eleitores, enquanto Trump registrava 213.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Idosos de 85 anos ou mais poderão tomar vacina contra a Covid-19 na 5ª

Detran começará a investigar ‘recebedores de pontos’ na CNH

Bolsonaro muda discurso e agora diz que anunciará seus candidatos duas semanas antes da eleição

Trio que roubava casas e agredia vítimas durante o crime é preso pela Polícia Civil

Votorantim registra dois óbitos suspeitos e mais 32 casos confirmados de Covid-19

GCM detém criminoso foragido após "saída de Natal" em casa abandonada no Centro