Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Dória lança FavelaFest como alternativa a pancadões em comunidades e favelas

Governo do Estado
Postado em: 14/12/2019

Compartilhe esta notícia:

O Governador João Doria e o Secretário de Estado da Cultura e Economia Criativa, Sérgio Sá Leitão, apresentaram nesta sexta-feira (13) o projeto FavelaFest, primeiro festival de música das comunidades e periferias do Estado de São Paulo, que será realizado com a participação de mais de 400 favelas.

A ação oferecerá espaço e estímulo aos talentos musicais emergentes das favelas de todas as regiões do Estado, impulsionando carreiras e contribuindo para a profissionalização de novos artistas.

“O projeto é uma iniciativa do Governo do Estado de São Paulo, em parceria com a Central Única das Favelas, a mesma que organizou a Taça das Favelas. Um evento de futebol de muito sucesso”, disse Doria.

O projeto já estava nos planos do Estado muito antes da ocorrência em Paraisópolis. “Estava dentro das nossas políticas públicas, foram quatro meses de preparo e ontem foi a apresentação aos patrocinadores e apoiadores”, explicou Doria.

O FavelaFest promoverá uma mobilização em mais de 400 favelas do Estado. Os artistas poderão inscrever suas produções, que serão avaliadas por um júri e por votação popular em três etapas.

“É importante entender e trabalhar com o fato de que talento, diversidade, potência, garra e criatividade são ativos que existem em todas as comunidades do Estado de São Paulo. Nossa função é dar vez e voz a tudo isso, potencializando, difundindo e transformando esse potencial em renda, emprego e desenvolvimento”, disse Sá Leitão.

O evento acontecerá em março de 2020. Os selecionados serão contemplados com cursos profissionalizantes, oportunidade de gravações profissionais e divulgação de seus trabalhos. Os finalistas se apresentarão no Memorial da América Latina, em evento destinado à música e à economia criativa produzida nas favelas.

Padrinhos

Carlinhos Brown, Daniel e MV Bill estão entre os artistas que serão padrinhos do FavelaFest. Como parceiros de mídia, a TV Globo e a Veja SP farão a cobertura do evento. No dia 20 de dezembro, será anunciado o patrocinador do evento.

Potencial

O Estado de São Paulo reúne 19% do total de favelas do país, nas quais o PIB corresponde a R$ 25 bilhões e a média de remuneração per capita é de R$ 905. Apenas na capital, há mais de 1,7 mil favelas; na região metropolitana são mais de dois milhões de moradores; há comunidades em 48% dos municípios de São Paulo.

Iniciativa privada

O FavelaFest será 100% realizado por meio de recursos privados. No último dia 12, o Governador Doria e o Secretário Sá Leitão apresentaram o projeto a empresários brasileiros para captação de patrocínio.

Etapas

O FavelaFest será realizado em três etapas. A primeira promoverá uma mobilização em mais de 400 favelas do Estado de São Paulo, com a contratação de agentes mobilizadores residentes de comunidades, para estimular artistas a inscreverem suas produções via aplicativo. Em seguida, um júri de profissionais vai escolher 40 semifinalistas de diversos estilos musicais.

Na segunda, serão realizadas duas semifinais na Praça da Cidadania, em Santo André, com a participação da Orquestra Sinfônica Heliópolis e de artistas consagrados. O júri vai selecionar oito artistas, e quatro serão escolhidos por votação popular durante transmissão ao vivo.

A final acontece no Memorial da América Latina, em São Paulo, com apresentações dos 12 selecionados, em um dia inteiro de shows e espaço para a economia criativa, com área de produtos, serviços e gastronomia produzidos nas favelas. Ao longo do dia, serão escolhidos os três vencedores, que voltarão para o encerramento.

Além da participação no evento, os artistas receberão oportunidades de profissionalização como prêmio. Os semifinalistas ganharão um curso profissionalizante de música; os finalistas, a gravação profissional de uma música e a criação de perfis em redes sociais por especialistas; e os vencedores serão contemplados com gravação de clipe profissional e divulgação por artistas consagrados.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Novidades sonoras durante a pandemia: Filippe Moura - confira a coluna de José Simões

Unip Sorocaba abre inscrições para o Processo Seletivo 2021 e oferece nova forma de estudar: a modalidade Flex

Indefinição sobre futuro da Polícia Federal gera disputa interna e temor de paralisação

Casais são presos por posse ilegal de arma e tentativa de homicídio

Dia dos Namorados e o santo padroeiro dos solteiros

Advogado de Taty Polis aponta empresário ligado a jornal como autor de denúncias