Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Dois adolescentes e um adulto são detidos por morte de metalúrgico

Postado em: 22/10/2018

Compartilhe esta notícia:

Atualizado às 9h06

A Polícia Civil de Sorocaba, por meio do trabalho da DIG (Delegacia de Investigações Gerais), anunciou, na noite deste domingo (21), que já prendeu três pessoas envolvidas na morte de um metalúrgico na Zona Oeste de Sorocaba. Um quarto suspeito continua sendo procurado.

De acordo com o delegado da Seccional Sorocaba, Marcelo Carriel, à Rádio Ipanema, um dos detidos havia saído da prisão há cerca de três meses e cumpria regime semi-aberto pelo crime de roubo. O mesmo grupo seria responsável por aproximadamente três assaltos.

Segundo nota da polícia, quatro autores foram identificados. Dois menores de idade estão custodiados na Fundação Casa. Os outros dois envolvidos são adultos. Um está preso e o último está sendo procurado.

O esclarecimento do caso à imprensa acontecerá com a presença de delegados nesta manhã de segunda-feira (22). Um dos detidos e o veículo utilizado para a fuga dos criminosos devem ser apresentados. O caso é tratado pela polícia como latrocínio que é o roubo seguido de morte, considerado por Carriel como um dos “mais graves”, por ser, ao mesmo tempo, crime contra a vida e patrimônio.

Em setembro, ainda segundo o delegado, Sorocaba não registrou nenhum homicídio.

width=2000
Rafael Batista saiu para colocar lixo na rua quando foi abordado por trio de criminosos / Foto: reprodução/Facebook

O caso

O crime ocorreu na noite de segunda-feira, 15 de outubro, no Residencial Villagio Torino. Rafael Batista, 35 anos, saiu para jogar o lixo em um contêiner na rua, a poucos metros de sua casa, quando o trio apareceu e o abordou. A vítima correu de volta para a residência e tentou fechar o portão, mas foi atingida por dois disparos de arma de fogo. Câmeras de monitoramento registraram o momento em que ele é abordado e os criminosos fogem – assista abaixo, em um VW Fox de cor prata.

width=796
Após atirar em metalúrgico, trio entra em carro para fugir / Foto: reprodução/vídeo

Batista chegou a ser socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) ao Hospital Regional, mas não resistiu aos ferimentos. Ele deixou um filho e a esposa.

O SMetal (Sindicato dos Metalúrgicos) publicou uma nota de pesar a respeito da morte de Batista. Rafael trabalhava na ZF do Brasil Planta 2 (antiga Lemforder) há mais de 15 anos. O presidente do SMetal, Leandro Soares, que também é trabalhador da empresa, se solidariza com os familiares e amigos, em nome de toda a diretoria. “Rafael trabalhava na ZF do Brasil há mais de 15 anos. O presidente Leandro Soares se solidariza com os familiares e amigos, em nome de toda diretoria”.

Assista ao momento em que o trio aborda a vítima e depois foge

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Órgão dado ao centrão por Bolsonaro tem histórico de corrupção

Bar do Alemão é inaugurado na região do Campolim

Einstein afirma que afastou médica que comparou medo da Covid-19 com o Holocausto

Internautas sorocabanos reagem a produtos "escondidos" em supermercados

Uber se manifesta sobre caso de advogada estuprada após viagem a Votorantim

Mulher é presa suspeita de matar marido a pedradas durante discussão em Mairinque