Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Denúncias de falta de medicamentos fazem vereadora questionar Prefeitura

Postado em: 29/06/2019

Compartilhe esta notícia:

A vereadora Fernanda Garcia (PSOL) teve aprovado na sessão ordinária desta quinta-feira, 27, da Câmara Municipal o seu requerimento questionando a Prefeitura sobre a falta de medicamentos na rede pública de saúde de Sorocaba. No documento, a vereadora lembra que a prefeitura tem obrigação de oferecer os medicamentos do Componente Básico da Assistência Farmacêutica (Cbaf), para a garantia da Atenção Básica.

“Como se já não bastasse a longa espera para consultas, cirurgias e as filas dos pronto-atendimentos, os sorocabanos estão sofrendo com outro grave problema na saúde: a falta de medicamentos”, afirma Fernanda Garcia.

De acordo com a parlamentar, além da falta de remédios básicos como Buscopan, para aliviar as dores dos pacientes, da pomada ginecológica Nistatina, também há falta de medicamentos de uso controlado, como Rivotril e Fluoxetina, nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e na Policlínica.

“Queremos que a Prefeitura explique o que está acontecendo e, principalmente, apresente uma solução. Os municípios recebem aporte de recursos do Estado e da União. É inadmissível que a população fique desamparada. A prefeitura precisa cumprir com suas obrigações”, explica Fernanda.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Governo Bolsonaro pode economizar R$ 18 milhões com corte de assinaturas de jornais e revistas

Concurso da Educação encerra etapa de provas neste domingo em Sorocaba

Doria anuncia 2 milhões de exames rápidos e início de testagem de pacientes leves

Brasil tem 30 mil crianças acolhidas e 5 mil aptas para adoção

Mais de 1,5 milhão de estudantes já visualizaram resultados do Enem

Desembargador do TRF-1 é nome favorito de Bolsonaro para o STF