Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Cuidadora de idosos de 51 anos é presa; ela pode estar envolvida em assassinato

Postado em: 09/11/2018

Compartilhe esta notícia:

Uma cuidadora de idosos, de 51 anos, foi presa como a principal suspeita na morte do holandês, Johannes Bernardus Reinhard Maria Van Denderen, de 73 anos. Ela convivia com a vítima há seis meses. O corpo dele foi encontrado com vários ferimentos de faca, em uma estrada de Votorantim, há quase vinte dias. A polícia não descarta o envolvimento de outras pessoas no crime.

O delegado do setor de homicídios de Votorantim, José Antonio Proença Martins de Melo, informou que a mulher nega ter cometido o crime.

Ela foi detida quando entrava no apartamento da vítima, em Sorocaba. Questionada sobre o desaparecimento do holandês, respondeu que “era comum ele sumir às vezes, por isso, não prestou queixas”.

Com a mulher os policiais encontraram o celular e o Registro Nacional de Estrangeiro (RNE), que pertenciam ao holandês.

A cuidadora de idosos foi presa temporariamente e, indiciada por homicídio qualificado por crueldade, já que a vítima apresentava um corte profundo no pescoço e encaminhada à Delegacia de Cesário Lange.

O desaparecimento

Alguns conhecidos estranharam a ausência de Van Denderen e enviaram mensagens via WhatsApp para saber sobre ele. “A mulher respondia por ele, dizendo que estava na Holanda visitando uma irmã doente”.

Um dos amigos resolveu ligar na Holanda, descobriu que havia algo errado e entrou em contato com a polícia.

As investigações foram direcionadas na companheira dele. De acordo com o delegado responsável pelo caso, o inquérito segue em andamento.

 O crime

O corpo de Van Denderen foi encontrado perto da divisa com Piedade, na Estrada da Macumba, em 21 de outubro. A perícia identificou perfurações no tórax e um corte profundo no pescoço da vítima.  Os ferimentos podem ter sido feitos com uma faca.

Os policiais chegaram até o local após uma denúncia anônima. Na ocasião o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e até então não havia sido identificado.

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Vereadores aprovam salário de R$ 29 mil para próximo prefeito; sete votaram contra

Senado pode concluir votação da Pec Paralela à Reforma da Previdência

Justiça de SP nega pedido de Alckmin para desbloqueio de bens

Desbancamos figurões que achavam que ganhariam a eleição, diz Bolsonaro

Datafolha aponta que para 76% escolas ainda não devem abrir

Alunos do IFSP recebem 41 computadores doados pelo FSS e Projeto Metareciclagem