Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Crítica sobre mercado da arte perde força com indefinição de gênero de “Velvet Buzzsaw”

Postado em: 12/02/2019

Compartilhe esta notícia:

Erick Rodrigues

Logo na estreia como diretor no ótimo “O Abutre”, Dan Gilroy, propôs ao espectador uma discussão sobre a ética no jornalismo e como a falta de compromisso e respeito à profissão podem corromper a função primordial do trabalho, especialmente quando há ganância e oportunismo envolvidos. Depois dessa empreitada, o cineasta, que também atua como roteirista, usa um discurso crítico semelhante para analisar o mercado da arte em “Velvet Buzzsaw”, longa original da Netflix que, apesar da intenção, não tem o mesmo resultado da primeira obra de Gilroy.

Compartilhe: