Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Crianças se divertem na Biblioteca Infantil com receita de ‘pão de beijo’

Postado em: 30/06/2019

Compartilhe esta notícia:

Na tarde desta sexta-feira (28), 14 crianças aprenderam a fazer um delicioso “pão de beijo” na oficina de culinária na Biblioteca Infantil Municipal “Renato Sêneca de Sá Fleury”. A receita é uma variação do pão de “queijo”, porém sem o queijo, ideal para quem é intolerante à lactose e seus derivados.

No início da oficina, promovida pela Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Cultura (Secult), a arte-educadora Paula Cristina Minatogawa ensinou a garotada a realizar os primeiros passos da receita que vai polvilho doce e azedo, mandioquinha, água, sal, fermento, azeite e orégano.

As crianças aprenderam curiosidades como a origem do polvilho e seu processo de produção enquanto colocavam a mão na massa.

Os pais aprovaram a receita dessa semana. “Eu trago ele (meu filho) para ter essa vivência na culinária porque não acho que só menino ou menina tem que fazer comida. Eu acho que menino também tem que estar fazendo. Meu filho não come queijo, então esse pão de beijo será um diferencial para ele gostar mais”, comenta a dona de casa Joelma Sato, mãe do Gabriel Sato, de 8 anos.

No tempo de espera do pão de beijo no forno, as crianças se divertiram com apresentações do show de talentos realizado pela escola técnica Start Pro e também puderam subir ao palco para contarem suas próprias piadas.

A Biblioteca Infantil está localizada na rua da Penha, 673, no Centro. A entrada é gratuita. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (15) 3231.5723.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Dr. Leandro Fonseca anuncia apoio a Rodrigo Manga no segundo turno das eleições

PM sem identificação empurra repórter do UOL pelas costas em manifestação

Polícia resgata 20 cães vítimas de maus-tratos e multa mulher em R$ 60 mil

"Parasita" rompe barreira do idioma e faz história no Oscar

Votorantim registra 36 novos casos de Covid-19 nesta terça-feira

TRF-4 mantém condenação de Lula em 17 anos por sítio em Atibaia