Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Crianças com Covid-19 são duas vezes mais assintomáticas que adultos, mostra inquérito sorológico de SP

Jovem Pan News
Postado em: 13/10/2020

Compartilhe esta notícia:

Jovem Pan News

O governo da cidade de São Paulo divulgou, nesta terça-feira (13), o resultado do 8º inquérito sorológico com a população da cidade e do 4º realizado nas escolas da rede pública e particular, com as crianças e adolescentes. Entre os adultos, a última etapa colheu material de 2.016 pessoas e mostrou prevalência de 13,6% — podendo alcançar 15,8%. Nas oito fases, quando analisadas em conjunto, a maior prevalência da Covid-19 foi registrada em jovens e adultos até 49 anos, da classe D/E, pretas ou pardas e que moram em regiões de IDH baixo. Entre os fatores protetivos mais efetivos, estão: teletrabalho, distanciamento social e maior escolaridade — já que a incidência da doença foi de 3x a 6x menor em pessoas com o nível superior. Entre os adultos, apenas entre 35% e 40% foram casos assintomáticos.

Entre as crianças e adolescentes, estudantes da esfera pública e privada, foram coletados 2.069 exames dos 6 mil escolares. Nesta quarta fase, a prevalência da Covid-19 é de, em média, 16% — sendo que, nas escolas municipais foi de 17,6%; nas estaduais, 15,4%; e nas privadas, 12,6%. Estima-se que 236.841 dos alunos da cidade de São Paulo já tenham adoecido pelo novo coronavírus e produziram anticorpos, sendo que cerca de 64,9% dos casos foram assintomáticos. De acordo com o governo municipal, 98% das crianças estão protegidas com distanciamento social e o uso de máscara. Na rede pública, entre 26% e 29% dos alunos moram com pessoas acima de 60 anos; na rede privada, esse número é de 30%. Entre os professores, a prevalência está entre 4,5% e 7,8%.

Assim como entre os adultos, a cor preta ou parda registrou maior prevalência da doença em todas as fases. Um número que chama a atenção é o de assintomáticos, que entre as crianças é o dobro do registrado em adultos: média de 64,9%, com pico de 71,3% nos alunos da rede municipal. A equipe do prefeito Bruno Covas chamou a atenção para a relação da Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P) com a Covid-19 e anunciou que a data para retorno das atividades escolares regulares deve ser anunciada na próxima semana, junto com o Censo que está sendo realizado nas escolas.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Prazo de inscrições ao edital de contrapartida da Lei Aldir Blanc termina nesta 4ª

Candidato a vice de Jaqueline reassume presidência do Parque Tecnológico para ‘iniciar processo de transição’

Polícia investiga adolescente suspeito de usar rede social para atrair crianças

Fachin concede prisão domiciliar para detentos do grupo de risco da Covid-19 e que estão no semiaberto

Mega da Virada teve arrecadação recorde de mais de R$ 1 bilhão

Covas e Boulos estão tecnicamente empatados, diz pesquisa XP/Ipespe